Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Judô do País quer medalhas em todas categorias do Pan

Por Da Redação - 25 out 2011, 14h36

Por AE

Guadalajara – O judô brasileiro inicia sua trajetória nos Jogos Pan-Americanos de Guadalajara nesta quarta-feira com uma meta ambiciosa. A equipe brasileira quer conquistar medalhas em cada uma das 14 categorias da competição. Para isso, levou para o México lutadores “fortes e experientes”, conforme definiu o coordenador-técnico da Confederação Brasileira de Judô (CBJ), Ney Wilson.

“Estamos levando uma equipe forte e experiente, mesmo sabendo que nove atletas do grupo nunca participaram de uma edição de Jogos Pan-Americanos ou Olímpicos. Vamos buscar o melhor resultado possível e ajudar o Brasil no quadro de medalhas. Todo atleta quer ter a experiência de competir e subir num pódio de Jogos e, com certeza, nossa meta é ganhar medalha em todas as 14 categorias, o que seria histórico. O judô brasileiro é referência pan-americana e vamos impor nossa força”, declarou Wilson.

Uma das estrelas da equipe brasileira é Leandro Guilheiro, na categoria até 81kg, que foi medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Atenas, em 2004, e Pequim, em 2008. No Pan do Rio, em 2007, ele ficou com a prata e espera melhorar o resultado nesta edição da competição. “Os Jogos de Guadalajara sempre estiveram nos meus planos deste ciclo olímpico. Vou lutar extremamente motivado. Estou feliz por ter a chance de disputar duas edições consecutivas do Pan. Jogos são Jogos. É diferente de tudo o que existe no Circuito Mundial da Federação Internacional de Judô”, afirmou.

Publicidade

Outra grande esperança brasileira no México é Luciano Corrêa. Campeão mundial em 2007, o judoca ressaltou a importância do Pan. “O Pan de 2007 foi fundamental para o meu ouro no Mundial. Estou muito estimulado para lutar aqui em Guadalajara, é um título que não tenho. Além disso, é um evento fundamental para ganhar confiança para os próximos torneios. Todo Pan é grandioso e aqui não seria diferente, pois é uma prévia dos Jogos Olímpicos”, avaliou.

A equipe brasileira que está em Guadalajara conta com 14 judocas. São eles: Sarah Menezes (48kg), Erika Miranda (52kg), Rafaela Silva (57kg), Katherine Campos (63kg), Maria Portela (70kg), Mayra Aguiar (78kg) e Maria Suelen Altheman (+78kg), no feminino. No masculino, Felipe Kitadai (60kg), Leandro Cunha (66kg), Bruno Mendonça (73kg), Leandro Guilheiro (81kg), Tiago Camilo (90kg), Luciano Corrêa (100kg) e Rafael Silva (+100kg) representam o País.

Publicidade