Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Juan lamenta suspensão contra The Strongest: ‘Fui pego de surpresa’

Após treinar como titular e ser garantido pelo técnico Muricy Ramalho para a estreia do Santos na Copa Libertadores da América, contra o Strongest (Bolívia), o lateral esquerdo Juan foi surpreendido com a informação de que não poderia atuar nesta quarta-feira, em La Paz. Isto porque o ala deveria cumprir uma suspensão pela expulsão diante do Libertad (Paraguai), quando ainda defendia o São Paulo, na última Copa Sul-americana.

Juan admitiu que lembrava de ter recebido o cartão vermelho pelo Tricolor Paulista, mas não imaginava que a suspensão fosse válida em todas as competições organizadas pela Conmebol. O problema só foi detectado pela diretoria santista quando o grupo já tinha feito a viagem de Santa Cruz de La Sierra para La Paz, no ônibus da equipe, a caminho do Estádio Hernando Siles, onde a partida seria realizada.

‘Eu lembrava (de ter sido expulso), só que eu não sabia que a suspensão seria cumprida logo na Libertadores. Fui comunicado apenas em La Paz, quando estávamos a caminho do estádio. Fui pego de surpresa’, afirmou o lateral santista, em entrevista à Rádio Estadão/ESPN.

Triste por não ter conseguido ajudar os seus companheiros dentro de campo, Juan lamentou o resultado negativo do time alvinegro na altitude da capital boliviana. ‘Fiquei chateado por não ter entrado em campo. Estava com a cabeça preparada para ajudar o Santos. Receber uma notícia dessas, em cima da hora, é muito ruim. Pior ainda que, apesar das grandes chances que tivemos, não conseguimos sair com a vitória’, comentou.

Procurando esquecer o episódio na Bolívia, o lateral será apresentado oficialmente à imprensa nesta sexta, após o treino da manhã, no CT Rei Pelé. Juan tem chances de ser escalado e, enfim, fazer a sua estreia diante do Mirassol, neste sábado, no Estádio José Maria de Campos Maia, em duelo válido pelo Campeonato Paulista.