Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Juan exalta adaptação no Santos: Parece que estou aqui há tempos

Contratado por empréstimo junto ao São Paulo, o lateral esquerdo Juan tem recuperado o seu bom futebol no Santos. Nova arma ofensiva do técnico Muricy Ramalho, o novo dono da ala canhota do Peixe tem mostrado dentro de campo que a sua adaptação ao novo clube está sendo rápida.

Segundo o próprio Juan, a impressão é que ele atua no time santista há anos, mesmo sem ainda ter completado um mês na Vila. ‘Adaptação não é algo que eu possa reclamar. Está sendo fácil. Até porque, chegar em um time como esse, com tanta qualidade, facilitou demais o meu trabalho. Além disso, eu estou jogando da forma que eu gosto: atacando, para a frente. Felizmente, o entrosamento da equipe é tão bom que as jogadas têm saído naturalmente. Parece que estou jogando aqui há algum tempo’, destacou.

O lateral alvinegro contou que Muricy tem lhe orientado para subir constantemente ao ataque, visando dificultar a marcação adversária, geralmente centralizada em anular as arrancadas de Neymar e as enfiadas de bola de Paulo Henrique Ganso.

‘O Muricy me deu liberdade para atacar, principalmente depois dos primeiros jogos. A ideia é que o Santos tenha bastante força ofensiva tanto por um lado quanto pelo outro. Temos conseguindo balancear isso, mantendo uma boa regularidade nesse sentido. A equipe está atingindo um equilíbrio legal’, ponderou.

Apesar da instrução para ser mais uma opção de ataque do time quando o Santos estiver com a posse da bola, Juan sabe que não pode se descuidar da marcação. ‘Me acostumei a marcar (jogando pelo Arsenal) na Inglaterra. Aprendi a ajudar na defesa, pois lá os laterais são bastante defensivos. Criei um pouco dessa parte tática defensiva atuando na Europa e tenho tentado colocá-la em prática aqui no Santos’, concluiu.

Juan, que balançou as redes uma vez com a camisa do Peixe, justamente na sua estreia, diante do Mirassol, no último dia 18, pelo Campeonato Paulista, irá jogar a sua primeira partida na Copa Libertadores da América, diante do Internacional-RS, nesta quarta-feira, na Vila Belmiro. Por um erro burocrático, o atleta, que deveria cumprir suspensão contra The Strongest (Bolívia), viajou para La Paz, mas não pôde jogar exatamente por conta dessa punição não cumprida, referente à época em que defendia o Tricolor Paulista.