Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jovens do Brasil derrotam a Dinamarca por 3-1

A seleção do Brasil, repleta de jovens que devem formar a equipe que disputará os Jogos Olímpicos de Londres, conseguiu uma vitória tranquila de 3-1 sobre a Dinamarca em um amistoso disputado neste sábado na cidade alemã de Hamburgo, com dois gols do atacante Hulk.

Todos os gols do Brasil saíram no primeiro tempo. Hulk abriu o placar aos 8 minutos com um chute da intermediária e cinco minutos depois a seleção ampliou graças a um gol contra de Niki Zimling.

Aos 40 minutos, Oscar roubou uma bola na intermediária e tocou para Hulk. O atacante do Porto avançou, driblou um adversário na entrada da área e tocou na saída do goleiro para fazer 3-0.

No segundo tempo, aproveitando um relaxamento do Brasil, os dinamarqueses diminuíram com Nicklas Bendtner, impedido, aos 26 minutos.

Sem a grande estrela Neymar, liberado pelo técnico Mano Menezes deste amistoso, e de outros jogadores importantes, lesionados, como Daniel Alves, Paulo Henrique Ganso e David Luiz, o Brasil entrou em campo com uma equipe muito jovem, com média de idade de apenas 22 anos, visando o torneio olímpico.

A dupla de ataque Hulk-Leandro Damião respondeu bem, com destaque para o primeiro, que foi o melhor jogador da partida disputada na Imtech Arena de Hamburgo. Na etapa final, o Brasil administrou o resultado, Mano Menezes fez algumas substituições e o Brasil desperdiçou a chance de golear.

Mano Menezes tem motivos para ficar tranquilo com a atuação do primeiro tempo dos jovens que devem integrar a seleção olímpica, na tentativa do país conquistar sua primeira medalha de ouro.

A partida começou com um grande volume de jogo do Brasil e o primeiro gol não demorou a sair: Hulk dominou a bola fora da área e disparou uma bomba que surpreendeu o goleiro Thomas Sorensen aos oito minutos.

Sem dar tempo para os dinamarqueses se recuperarem, o Brasil fez o segundo gol aos 13 minutos, quando Oscar fez grande jogada dentro da área e tocou para Hulk. Zimling tentou cortar e fez gol contra.

Leandro Damião teve uma boa chance de ampliar aos 21, mas a Dinamarca se recuperou e levou perigo ao gol de Jefferson com Christian Eriksen (32) e Michael Krohn-Dehli (36).

Mas o Brasil fez o terceiro aos 40, depois que Oscar roubou uma bola da defesa dinamarquesa e permitiu que Hulk invadisse a área para superar Stephan Andersen, que havia substituído Sorensen.

Aos 43, o árbitro anulou um gol de Lucas por impedimento e o Brasil foi para o intervalo com a vantagem de 3-0.

No segundo tempo, a Dinamarca subiu de produção e teve boas oportunidades com Daniel Agger e Dennis Rommedahl. Mas o gol só saiu com Nicklas Bendtner, aos 26, que estava impedido ao completar um boa jogada de Zimling.

Nos últimos minutos, o Brasil controlou a partida e administrou o placar.

Após a partida contra os dinamarqueses, o Brasil viaja aos Estados Unidos para mais três amistosos: contra a seleção da casa em 30 de maio, contra o México (3 de junho) e a Argentina (9 de junho).

A Dinamarca evidenciou as carências e mostrou que deve ter muitas dificuldades na Eurocopa, na qual está no grupo da morte, ao lado de Alemanha, Holanda e Portugal.

Na arquibancada, o técnico do Real Madrid, o português José Mourinho, acompanhou a partida. Segundo a imprensa espanhola, o objetivo era observar Lucas, jogador do São Paulo.