Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

José Mourinho pega cinco jogos de suspensão da Uefa

Técnico do Real Madrid deu fortes declarações após jogo contra o Barcelona

A expulsão e as declarações após a partida de ida do Real Madrid contra o Barcelona pela semifinal da Liga dos Campeões da Europa custaram caro a José Mourinho. Nesta sexta-feira, a entidade máxima do futebol europeu anunciou que suspendeu o técnico dos merengues por cinco partidas de competições europeias.

A suspensão – que poderia chegar a sete jogos – foi determinada pela Comissão de Controle e Disciplina da Uefa, que se reuniu nesta sexta-feira e considerou graves as declarações do treinador depois da primeira partida entre Real e Barça pela Liga dos Campeões, no Santiago Bernabéu, vencida pelos catalães por 2 a 0. Mourinho fez duras críticas à arbitragem, disse que a derrota foi provocada pelo juiz e ainda foi visto fazendo um gesto indicando roubo na saída do estádio.

Destes jogos, um deles já foi cumprido, pois ele não pode ficar no banco de reservas no jogo de volta, no Camp Nou, quando as equipes empataram em 1 a 1 e os culés garantiram a passagem às finais. Além disto, um dos jogos da suspensão não precisará ser cumprido caso ele não volte a dar este tipo de declaração pelos próximos três anos. Com isto, o técnico está fora das três primeiras partidas da fase de grupos da próxima temporada.

Multa – Além da suspensão, Mourinho terá de pagar uma multa de 50.000 euros (cerca de 116.300 reais) pelas declarações contra o árbitro Wolfgang Stark. O zagueiro Pepe, que atuou como volante nas partidas contra os rivais, também foi suspenso pela Uefa. No entanto, ele pegou apenas uma partida, que já foi cumprida no jogo de volta. O Real Madrid também terá de pagar uma multa de 20.000 euros (46.500 reais) pela conduta inapropriada de seus torcedores.

Outro que foi expulso no jogo de ida, o goleiro Pinto, do Barcelona, pegou três jogos de suspensão. Já tendo cumprido um, ele fica fora da final da competição contra o Manchester, em Wembley, e também do primeiro jogo da equipe em competições europeias na próxima temporada. Tanto Real Madrid quanto Barcelona ainda podem recorrer às decisões.

(Com agência Gazeta Press)