Jornalista australiano deve ser quem mais se diverte no Rio

Anthony Sharwood está adorando os costumes brasileiros - e faz piada até com o trânsito caótico e com o temido Zika vírus.

Por Da Redação - 10 ago 2016, 20h09

Se houvesse uma competição de quem mais se diverte nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, o jornalista australiano Anthony Sharwood com certeza seria um forte candidato ao ouro. Quem o acompanha nas redes sociais pode ver que Ant anda muito feliz no Brasil – e o motivo não se resume às nove medalhas conquistadas por seu país até agora. O jornalista está adorando tudo que vê pela frente,  e até o trânsito no Rio e o vírus zika viraram motivo de piada. Em uma foto, Ant aparece tomando cerveja com três brasileiros, sentados em uma mesa na rua. “Não contem ao meu chefe o quanto estou me divertindo na #Rio2016”, postou no Twitter.

A australiano já se apresenta em português. “Falo Português do Brasil muito mal. Olá e obrigado a todos os meus novos seguidores brasileiros. Eu preciso de uma cerveja”. Sobre a língua, o jornalista postou diversas fotos em que “treina” seu português em um aplicativo.

Publicidade

O primeiro post de Sharwood no Brasil foi uma foto do teleférico do Complexo do Alemão, passando por cima da comunidade. “Esse parece um jeito muito mais rápido de chegar ao #Rio2016”.

À vontade entre os cariocas, Ant andou de ônibus, reclamou do trânsito e se aventurou pelos botecos da cidade. Ao postar a foto de um deles, onde quatro pessoas dançavam entre as mesas, o jornalista comentou: “Comi o melhor frango com uma ótima cerveja gelada. Mas não dancei”.

Boa parte das fotos postadas pelo australiano são de comida. Ele realmente virou um grande fã da culinária brasileira. Em português perfeito, escreveu: “Salgados e cerveja para o almoço. Um almoço brasileiro!”. Mas como nem tudo são flores, o jornalista ressaltou um dos nossos hábitos alimentares não tão saudáveis: “a comida brasileira é deliciosa, mas tão, tão salgada”.

Ant já está até fazendo piada com o vírus zika. “Acabei de ser mordido pelo meu primeiro mosquito brasileiro. Não sei se ele tem um pequeno Z nas costas ou não. Os mosquitos de Zika têm, certo?”

Publicidade