Clique e assine a partir de 9,90/mês

Jornal espanhol critica Vila Olímpica: ‘Procura-se encanador’

Chefe da delegação espanhola conta que, em sete Olimpíadas, jamais havia visto uma Vila dos Atletas com tantas falhas de estrutura

Por Da redação - 26 jul 2016, 09h22

Os problemas de estrutura na Vila Olímpica seguem causando repercussão negativa para a Rio-2016. O diário esportivo espanhol Marca estampou na capa de sua edição desta terça-feira o “caos” nas instalações, com a manchete: “Procura-se um encanador”. O jornal destaca que desde a abertura da Vila, no domingo, muitas delegações reclamaram de falhas na eletricidade, vazamentos de água e gás e de sujeira.

O chefe da delegação espanhola, Cayetano Cornet, contou ao Marca que nunca havia presenciado fato semelhante nas sete Olimpíadas em que esteve presente. “Geralmente sempre há problemas nos primeiros dias, mas é uma torneira ou uma cisterna. Eu nunca tinha tido problemas neste nível, porque não se concentra apenas em um prédio, é um problema generalizado.”

Leia também:
Argentinos também reclamam da Vila Olímpica
Vila recebe 600 trabalhadores para ‘força tarefa’

Austrália rebate Paes: ‘Precisamos de encanadores, não cangurus’

“Há apartamentos com vazamento de água. Quando chegamos tinham um bom encharcamento no solo e em alguns não saia água quente dos chuveiros, porque o aquecedor não estava bem configurado. As cisternas não carregavam, mas isso é normal quando são novas”, completou Cornet.

O chefe da delegação espanhola, no entanto, ressaltou que a organização dos Jogos tem trabalhado para solucionar os problemas até o dia 29, quando a maior parte da delegação espanhola desembarca no Rio. “Há margem. Hoje já estão trabalhando em nosso edifício encanadores e eletricistas. Estão dando prioridade.”

Por enquanto, a delegação espanhola é formada por apenas nove pessoas – apenas três atletas, todos do tiro olímpico – e, por isso, a equipe está ocupando os apartamentos com menos problemas. O Marca ressalta que 11 países já relataram falhas graves nas instalações: Austrália, Argentina, Itália, Espanha, Alemanha, Brasil, Grã-Bretanha, Nova Zelândia, Japão, Bélgica e Holanda.

Continua após a publicidade
Publicidade