Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jorge Henrique ataca árbitro, mas vê expulsão justa

Por Fábio Hecico

São Paulo – A expulsão de Jorge Henrique do jogo desta quarta-feira à noite, no empate sem gols com o Emelec, não entrou na extensa lista de reclamações do Corinthians contra o árbitro colombiano José Buitrago. O atacante, que tomou dois cartões amarelos e por isso deixou o campo ainda no começo do segundo tempo, entende a razão do vermelho.

“Pelo critério dele, de qualquer falta ele dar cartão, minha expulsão acabou sendo justa”, disse nesta quinta-feira, no desembarque em São Paulo, o atacante Jorge Henrique. Além dele, também receberam cartões amarelos Edenilson, Chicão, Leandro Castán, Danilo e Emerson. Destes, apenas Castán foi advertido no primeiro tempo. Os demais, apenas na segunda etapa, quando o Corinthians se fechou na defesa.

Jorge Henrique, porém, acredita que o árbitro foi incoerente. “Não sei do critério, porque depois o Emerson fez duas faltas e ele não deu mais cartão vermelho”, lembrou.” A gente não podia falar com ele que ele dava cartão.”

Com relação ao jogo de volta, quarta-feira que vem, no Pacaembu, Jorge Henrique prometeu uma postura diferente do time e disse acreditar numa arbitragem melhor. “Tenho certeza que a arbitragem e o clima aqui (em São Paulo) vão ser bem diferentes. O empate ficou de bom tamanho. Agora acredito que eles (Emelec) vão vir aqui com uma equipe fechada. Se jogarem como lá vão ser surpreendidos.”