Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Jogadores pedem ‘equilíbrio’ ao Corinthians após vitória

Por Da Redação 13 nov 2011, 19h00

Por AE

São Paulo – O Corinthians derrotou o Atlético-PR por 2 a 1, neste domingo, no Pacaembu, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas os jogadores ainda não conseguiram esquecer a partida anterior na competição. A surpreendente derrota para o então lanterna América-MG, no final de semana passado, ainda incomoda e, por isso, os atletas pediram que a equipe tenha mais “equilíbrio”.

“Precisamos ter mais equilíbrio. Precisamos tentar manter a nossa maneira de jogar se quisermos ser campeões”, disse o zagueiro Paulo André. “A partida contra o América-MG fez com que muita gente duvidasse da nossa capacidade. Mas faz parte do futebol e demos a volta por cima. Isso é o Corinthians. A partida do América-MG não tem explicação, foi nossa pior partida. Mas hoje (domingo) fomos felizes e saímos com a vitória”, avaliou Paulinho.

Mas não foi só a diferença de postura de uma partida para a outra que incomodou os jogadores. Dentro do confronto diante do Atlético-PR a equipe alternou um grande primeiro tempo, no qual abriu 2 a 0 com quatro minutos, com uma segunda etapa ruim, quando foi pressionada pelo adversário. “Fizemos um ótimo primeiro tempo, mas depois do gol que sofremos, recuamos. Sabíamos que o meio de campo deles era forte. Sofremos, mas o que ficou foi os três pontos, a vitória e a liderança”, afirmou Paulo André.

Com a vitória, o Corinthians se manteve na primeira colocação do Campeonato Brasileiro, com 61 pontos. Na próxima rodada, enfrentará pela quarta vez consecutiva um adversário que figura na zona de rebaixamento. Os jogadores lembraram que não tiveram vida fácil nas outras três partidas (vitórias por 2 a 1 sobre Avaí e Atlético-PR, e derrota pelo mesmo placar para o América-MG) e apostaram em novo confronto difícil diante do Ceará, nesta quarta, no Presidente Vargas.

“É o quarto adversário seguido que enfrentamos que está na zona de rebaixamento, mas não tivemos moleza até agora. Sabemos que o Ceará no Presidente Vargas é perigoso, mas precisamos da vitória para dar tranquilidade e vamos tentar decidir contra o Atlético-MG no Pacaembu”, disse Paulo André, já projetando a partida diante do time mineiro, no próximo domingo.

Continua após a publicidade
Publicidade