Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Jogadores pedem Engenhão lotado contra o Corinthians: ‘Força aumenta 70%’

Por Da Redação 8 set 2011, 18h19

A vitória sobre o Cruzeiro, terceira seguida no Campeonato Brasileiro, colocou o Fluminense na briga pelas primeiras posições da tabela. Com 34 pontos, na sexta colocação, os tricolores já focam no confronto de domingo, contra o Corinthians, no Engenhão.

Os jogadores aproveitaram para pedir a presença maciça da torcida no estádio para este duelo: ‘Chegou a hora de a nossa torcida voltar a lotar o Engenhão. Ela sabe da sua grandeza e da sua importância. Demonstrou isso em 2009 e 2010 e deu no que deu. Que nos apóie do início ao fim. A nossa força aumenta em pelo menos 70%. Estamos mais próximos do líder, a apenas sete pontos, e vamos lutar por um lugar ainda melhor na tabela’, disse o atacante e capitão Fred.

O meia Marquinho afirmou que o Fluminense atua melhor quando a torcida comparece em grande número em casa. Para o jogador, o time deve manter o embalo neste momento.

‘Já são três vitórias seguidas, o que ainda não havíamos conseguido neste Brasileiro. Temos que manter o foco para embalar. Começamos bem o segundo turno, mas precisamos da torcida ao nosso lado. Jogamos até melhor com ela vibrando junto com a gente. Tem que acreditar. Uma vitória sobre o Corinthians é fundamental’, declarou.

Já o zagueiro Gum ressaltou que mais uma vitória vai levar o Fluminense bem próximo da zona de classificação para a Libertadores da próxima temporada: ‘A torcida tem que voltar a acreditar. É um jogo decisivo que teremos contra o Corinthians. Uma vitória nos colocará ainda mais próximos do topo. É mais um daqueles confrontos diretos, para diminuirmos ainda mais a diferença para eles’, comentou.

Para o meia Lanzini, o atual campeão está de volta ao Brasileirão e isso deve servir de incentivo para que os tricolores lotem o Engenhão contra o Corinthians.

‘Como já disse outro dia, o campeão está crescendo. E o comparecimento da torcida é uma motivação a mais para a gente. Ainda não tive a oportunidade de ver o Engenhão cheio. Espero que isso possa acontecer nesse jogo de domingo’, finalizou.

Continua após a publicidade
Publicidade