Jogadores lamentam a desatenção do Coritiba na derrota para o Sport

Por Da Redação - 1 jul 2012, 18h43

A virada sofrida pelo Coritiba para o Sport em pleno Couto Pereira foi lamentada pelos jogadores e pelo técnico Marcelo Oliveira. Pensando na final da Copa do Brasil, o alviverde entrou com os reservas, abriu 2 a 0 no primeiro tempo, mas levou a virada dos pernambucanos no final da partida.

O meia Lincoln, um dos destaques do confronto, era um dos mais abatidos com a derrota e pouco falou com os jornalistas. ‘Foi uma diferença muito grande do primeiro para o segundo tempo’, afirmou.

Com um gol e uma assistência, o veterano Tcheco preferiu exaltar as qualidades do adversário. ‘O Sport impôs um ritmo forte e não conseguimos suportar. Não adianta dar desculpas, eles nos envolveram e deixamos a desejar’, destacou o meia que deve se aposentar após o término da Copa do Brasil.

Pensando na sequência da Série A do Campeonato Brasileiro, o volante Sérgio Manoel pediu a reação da equipe. ‘O Sport venceu porque tinha mais ritmo de jogo do que a gente. Precisamos levantar a cabeça e dar a volta por cima. Voltamos mal no segundo tempo, mas tem que valorizar a atuação do adversário’, completou.

Publicidade