Clique e assine a partir de 9,90/mês

Jogadores enaltecem esforço e lamentam derrota para o Atlético-PR

Por Da Redação - 31 jul 2011, 22h19

Derrotado pelo Atlético-PR na noite deste domingo, na Arena da Baixada, o Santos deixou o estádio lamentando o resultado da partida. Valorizando o esforço da equipe, que chegou a estar perdendo por 2 a 0 e buscou o empate, antes de sofrer o gol que definiu o jogo nos minutos finais, os jogadores acreditam que o resultado contra o Furacão foi injusto.

‘O mais justo seria um empate. O Santos lutou bastante, buscou empate depois de estar perdendo. Por um detalhe, não conseguimos fazer o terceiro gol’, disse o meia Paulo Henrique Ganso, que não teve uma atuação de destaque contra os rubro-negros.

O atacante Borges, autor do segundo gol santista diante do Atlético-PR, também acredita que o time poderia ter saído de campo com um resultado melhor. ‘Foi um jogo no qual sofremos 2 a 0, conseguimos empatar e tivemos chance de matar. Nós poderíamos ter saído com a vitória. Era para termos vencido. Não merecíamos a derrota’, ponderou.

Sobre a situação dos alvinegros no Campeonato Brasileiro – o Santos é o 17colocado, com 11 pontos e três partidas a menos em relação a maior parte dos seus adversários -, o centroavante confia na volta por cima da equipe.

Para Borges, o Peixe pode reagir a tempo de deixar a zona do rebaixamento e embalar visando a briga pelo título brasileiro. ‘O time tem lutado, batalhado, e vem correndo para que as vitórias aconteçam. Infelizmente, o resultado não veio dessa vez, mas vamos continuar trabalhando. Vamos lutar para sair dessa situação. Esperamos retomar o caminho das vitórias e crescer durante a competição para brigar pelo título até o final’, concluiu

Continua após a publicidade
Publicidade