Clique e assine com 88% de desconto

Jogadores da Espanha lamentam derrota, mas acreditam na “superação”

Por Da Redação - Atualizado em 19 jul 2016, 14h04 - Publicado em 26 jul 2012, 16h18

A derrota para o Japão, por 1 a 0, na primeira rodada do Grupo D dos Jogos Olímpicos de Londres, na Inglaterra, não foi suficiente para abalar os jogadores espanhóis, que ainda acreditam na superação, assim como fez a seleção principal na Copa do Mundo de 2010, na África do Sul. Na rodada inicial, a Fúria perdeu para a Suíça, por 1 a 0, mas foi campeã.

‘O gol do Japão nos afetou. Eles têm uma equipe rápida e intensa. Nós não pudemos impor a nossa técnica. Mesmo assim, eu, de todas as maneiras, não estou nem um pouco preocupado, porque nós vamos avançar às quartas de final’, afirmou o meia Ander Herrera, que joga pelo Athletic Bilbao.

O técnico Luis Milla também analisou o revés ‘A primeira partida é muito importante, mas agora que nós perdemos não temos outra opção que não seja remontar, por mais doloroso que seja admitir a superioridade do rival. Eles ficaram muito bem posicionados em campo, pressionaram e impediram a nossa movimentação’, disse o treinador.

Mesmo após a estreia com o pé esquerdo, Luis Milla não deverá promover alterações na equipe que enfrenta Honduras no próximo domingo. Os jogadores da Fúria ainda serão liberados para assistirem à cerimônia de abertura das Olimpíadas. ‘Será uma experiência única que eles vão lembrar por toda a vida’, afirmou Milla.

Publicidade