Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jogadores colorados exaltam fator Beira-Rio contra Independiente

As fichas do Inter estão colocadas em um Beira-Rio lotado para ser campeão da Recopa Sul-americana, em 24 de agosto. Após perder por 2 a 1 para o Independiente, na Argentina, os colorados esperam que a força de atuar em Porto Alegre seja capaz de rever o resultado.

‘Podemos reverter tranquilamente. Tomamos um gol de falta e um de cruzamento. Mostraremos nossa força jogando em casa. Dá para reverter. Não tomamos sufoco’, analisou o meia D’Alessandro após a partida em Avellaneda.

Para ser campeão no tempo normal, o Inter precisa vencer por, pelo menos, dois gols de diferença. Caso a vitória seja por um, a decisão terá uma prorrogação. Os outros resultados dão o título aos argentinos.

‘Ficamos tristes pelo resultado. Essa decisão não e só em um jogo. Podemos reverter a situação. A vontade deles não pode ser maior que a nossa’, comentou Leandro Damião, autor do gol gaúcho no jogo de ida.

Porém, o Beira-Rio não intimida mais os adversário como no passador recente. Nesta temporada, o Inter sofreu vitórias significativas em frente ao seu torcedor. A eliminação na Libertadores para o Peñarol não foi impedida pelo apoio do estádio cheio, assim como a derrota por 3 a 1 para o Grêmio no primeiro jogo da final do Campeonato Gaúcho.