Clique e assine com 88% de desconto

Jogador recebe prêmio de camiseta – e culpa companhia aérea

O irreverente Aubameyang, destaque do Borussia Dortmund, compareceu à festa dos melhores da África com trajes inadequados

Por da redação - 6 jan 2017, 16h09

O atacante gabonês Pierre-Emerick Aubameyang, estrela do Borussia Dortmund, passou por um grande constrangimento na noite desta quinta-feira. Pior do que ter perdido o prêmio de melhor jogador africano do ano para o argelino Riyad Mahrez, do Leicester City, foi ter ido à premiação da Bola de Ouro da África, em Abuja, na Nigéria, com trajes totalmente inadequados.

Aubameyang, vencedor do prêmio no ano anterior, foi à cerimônia com look vermelho Ferrari, com boné e camiseta da escuderia italiana, enquanto Mahrez e Sadio Mané, do Liverpool (terceiro colocado), estavam impecáveis com seus smokings. A principio, poderia se tratar de mais uma brincadeira de “Auba”, famoso por suas extravagâncias, inclusive nas celebrações de gols. No entanto, o artilheiro do Borussia Dortmund garantiu que a culpa não foi sua, mas da companhia aérea que o levou da Alemanha à Nigéria.

“Aquele momento em que você chega para a cerimônia e perderam sua bagagem. Então é assim que vamos nos vestir essa noite. Obrigado Lufhtansa”, escreveu o irreverente jogador.

View this post on Instagram

Publicidade

That moment when you just arrive for the ceremony of african player of the year and they lost our baggage!! so that's how we dress tonight 😆😂😂🙌🏽thanks Lufthansa 👍🏽#Abuja #nigeria #africanplayeroftheyear #glocaf #aubameyang #whataday #cantbelieveit

A post shared by Aubameyang (@aubameyang97) on

Aubameyang, porém, não se abateu com o mico e posou para várias fotos, inclusive com o campeão Mahrez. O meia do Leicester se tornou o terceiro jogador argelino a conquistar o prêmio, repetindo o feito de Lakhdar Belloumi (1981) e Rabah Madjer (1987).

Com 17 gols marcados no Campeonato Inglês de 2016, Mahrez se tornou uma dos pilares do surpreendente Leicester City, campeão pela primeira vez em seus 132 anos. Os atletas premiados agora voltam suas atenções para a disputa da Copa Africana de Nações, que será disputada no Gabão, terra de Aubameyang, entre os dias 14 de janeiro e 5 de fevereiro.

Publicidade

View this post on Instagram

Publicidade

Congrats to you @riyadmahrez26.7 🙌🏽See you for this africa Cup 😜

A post shared by Aubameyang (@aubameyang97) on

Publicidade