Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Jogador do Lecce é libertado após sequestro na Nigéria

Por Da Redação 11 jun 2012, 11h50

Por AE-AP

Lagos, Nigéria – A polícia da Nigéria libertou no último domingo à noite o meia Christian Obodo, do Lecce, de um sequestro sofrido no sábado na cidade de Warri, terra natal do jogador nigeriano, que está localizada em um rica região petrolífera do sul do país.

Charles Muka, porta-voz da polícia local, disse que os agentes conseguiram resgatar Obodo e prenderam vários dos supostos sequestradores, que não haviam abandonado o Estado onde o atleta foi levado pelos criminosos no sábado pela manhã.

Muka se negou a revelar como os policiais encontrar os sequestradores. Em casos anteriores, a polícia e as agências de segurança da Nigéria rastrearam suspeitos de sequestros usando transmissões de telefones celulares.

Os criminosos haviam entrado em contato com a família de Obodo na cidade de Warri pouco depois de sequestrarem o meio-campista. Eles haviam exigido o pagamento de US$ 187.500 para libertá-lo, segundo informou Muka.

Atual time de Obodo, o Lecce foi rebaixado para a segunda divisão do Campeonato Italiano neste ano ao terminar a competição na 18.ª posição. Já a Udinese, que detém os direitos sobre o jogador, realizou bela campanha, fechando o torneio na terceira colocação e garantindo uma vaga na próxima edição da Liga dos Campeões da Europa.

Continua após a publicidade
Publicidade