Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Joel recebe apoio da torcida em treino do Flamengo

Ameaçado de demissão antes da vitória por 3 a 2 sobre o Atlético-GO, no domingo, o técnico Joel Santana ganhou uma sobrevida no comando do Flamengo por conta do bom resultado contra os goianos. E no que depender de parte da torcida, o treinador vai permanecer na Gávea por muito tempo.

Na manhã desta quarta-feira um grupo de torcedores compareceu ao Ninho do Urubu para manifestar abertamente apoio à permanência de Joel no comando do elenco do Flamengo.

Assim que o treino acabou, os torcedores foram liberados para entrar no gramado e conversar com Joel Santana. Eles entregaram ao treinador uma placar com os dizeres: ‘A lenda do futebol merece respeito. Estamos com você nesta luta’. Em seguida, deram ao comandante uma camisa que tinha na frente a seguinte frase: ‘Joel merece respeito’.

Feliz, o técnico mostrou ainda uma bandeira que tinha ganho de torcedores em uma outra passagem pela Gávea. Sem esconder a empolgação com a manifestação de carinho dos torcedores, Joel Santana brincou com o apoio recebido.

‘Vocês acham que a nação rubro-negra ia esquecer do Papai Joel? Claro que não. Me comove muito o fato da torcida reconhecer o meu trabalho e saber que estou me esforçando bastante para que o Flamengo possa ganhar seus jogos’, declarou.

O treinador comentou ainda sobre a pressão que vem passando. Ele sabe que as cobranças voltarão em caso de um mau resultado no domingo, quando o Flamengo encara o Fluminense.

‘Altos e baixos existem e espero que no domingo o Flamengo consiga fazer uma partida digna contra o Fluminense, pois a torcida merece. Vou me esforçar bastante para isso’, afirmou.

O treinador ganhou o carinho dos torcedores em 2005, quando livrou o clube de um rebaixamento dado como certo no Campeonato Brasileiro. Dois anos depois iniciou uma reação no Brasileirão que rendeu a vaga na Copa Libertadores de 2008, além de conquistar o título estadual daquele ano.

Na semana passada a demissão de Joel Santana foi dada como certa por boa parte da imprensa. A presidente Patrícia Amorim teria aberto negociações com Dunga para assumir o comando. Jorge Sampaoli, que dirige a Universidad de Chile, também esteve cotado.