Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Jobson recusa antidoping e é suspenso por quatro anos

Atacante brasileiro do Al Ittihad, da Arábia Saudita, pode recorrer da decisão

Por Da Redação 16 abr 2014, 18h57

O atacante Jobson, do Al Ittihad, da Arábia Saudita, foi suspenso nesta quarta-feira por quatro anos pelo Comitê Antidoping da Arábia. Segundo a entidade, o jogador se recusou a realizar um exame antidoping no dia 25 de março. De acordo com as autoridades sauditas, o clube foi notificado sobre a infração e Jobson foi procurado pessoalmente e por telefone, mas não se pronunciou. O jogador ainda teria faltado a duas audiências no Gabinete da Presidência Geral da Juventude e Bem-Estar de Jidá – no dia 8 de abril e nesta terça-feira.

Leia também:

Jamaicano Asafa Powell é punido por 18 meses por doping

Wada estuda realizar exames antidoping em fios de cabelo

Mundial de Moscou: 7 atletas flagrados no teste antidoping

No comunicado divulgado pelo comitê, a entidade lembra os problemas que o jogador já teve com doping no Brasil. Em 2009, Jobson testou positivo para cocaína, assumiu que havia usado crack e foi suspenso por seis meses. A nova punição do jogador é preventiva, começou a valer no dia 1º de abril e abrange jogos dentro e fora da Arábia Saudita. O atacante tem 14 dias para apresentar sua defesa e recorrer da decisão.

(Com agência Gazeta Press)

Continua após a publicidade
Publicidade