Clique e assine a partir de 9,90/mês

Após cirurgia, ginasta que quebrou perna no Rio sonha com Tóquio

Cirurgia foi bem sucedida. Samir Ait Said sofreu dupla fratura exposta durante prova de salto.

Por AFP - 7 ago 2016, 11h30

O ginasta francês Samir Ait Said, que quebrou a perna esquerda no sábado, durante a prova de salto sobre a mesa nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, passou por uma cirurgia, bem-sucedida, e pretende continuar no Rio para apoiar os colegas de equipe.  “Vou voltar ao estádio para incentivar meus amigos, porque a competição ainda não acabou”, disse, em referência a Axel Augis e Cyril Tommasone, classificados, respectivamente, para a final geral e final do cavalo com alça.

Leia também:
Vôlei, judô, futebol, basquete e natação: o que ver hoje na Rio-2016
Marta vale ouro. E não precisa ser melhor que Neymar

A dupla fratura exposta na tíbia-fíbula da perna esquerda precisou de uma cirurgia, contou Said, que correu muito bem. “Estarei de pé em não muito tempo”, garantiu. “Eu gostaria de agradecer as mensagens de apoio, que me tocaram o coração, que fizeram me sentir melhor, isso realmente levantou minha moral”, declarou em um vídeo publicado nas redes sociais.

Said já estava classificado para a final das argolas, prova em que seria um dos adversários do brasileiro Arthur Zanetti, e tinha chances reais de medalha. “Acreditem em mim, a aventura Tóquio-2020 ainda está viva e logo eu estarei recuperado, vamos treinar e buscar este ouro olímpico”, concluiu.

 

Publicidade