Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Jérôme Valcke atribui grosseria a erro de tradução

O secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, pediu desculpas oficialmente ao governo brasileiro por suas declarações da sexta-feira passada. Ele disse que o governo brasileiro precisava de um “chute no traseiro” para acelerar as obras da Copa.

Jérôme Valcke é secretário geral da Fifa Jérôme Valcke é secretário geral da Fifa

Jérôme Valcke é secretário geral da Fifa (/)

Em carta ao Ministério do Esporte, o francês atribuiu o engano a problemas de tradução. Diz que pede desculpas ao ministro do Esporte, Aldo Rebelo, e a qualquer pessoa que possa ter se ofendido com “interpretações incorretas das minhas palavras”. Valcke afirmou que, em francês se donner un coup de pied aux fesses significa apenas “acelerar o ritmo”. “Infelizmente, a expressão foi traduzida para o português usando palavras muito mais fortes”, acrescentou.

Leia mais:

Leia mais: Confira a íntegra da carta com as desculpas de Valcke no Blog De Paris

Embora o representante da federação internacional de futebol tenha usado uma expressão grosseira, ele é preciso em sua observação. O governo brasileiro está atrasado em seus compromissos relacionados à Copa do Mundo. Estão fora do prazo obras de estádios, de transportes e de infraestrutura.

O ministro do Esporte, Aldo Rebelo, não se manifestou se o pedido de desculpas foi aceito. No começo da tarde, Rebelo cobrou oficialmente o afastamento de Valcke como interlocutor da Fifa para questões relativas ao torneio.