Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Jean comemora boa atuação em volta ao São Paulo

Por Da Redação - 6 out 2011, 17h41

Por AE

São Paulo – Improvisado na lateral-direita ou atuando no meio-campo, Jean se acostumou a ser titular do São Paulo independente da troca de treinadores. Desde a chegada de Adilson Batista, porém, ele foi relegado à reserva e pouco jogou. Contra o Cruzeiro, nesta quarta-feira, a ausência de Piris (na seleção do Paraguai) e Wellington (suspenso) permitiu a Jean ter uma nova chance entre os titulares. E ele não decepcionou.

Apesar dos três gols sofridos pelo sistema defensivo tricolor, o lateral conseguiu se destacar. Foi bastante ao ataque e criou oportunidades, como quando acertou a trave de Fábio, ainda no primeiro tempo. “Foi uma injustiça esta bola na trave não ter entrado. Procurei caprichar ao máximo. Foi minha melhor forma de bater, mas acabou acertando a trave”, comentou Jean, que vinha perdendo seguidos gols antes de virar reserva.

“Fico feliz com minha atuação. Fazia muito tempo que eu não jogava e já estava preocupado com a parte física. Pois estava jogando, mas aí fiquei um tempo fora. Cuidei-me neste período, sempre vigiando meu peso para a parte física não cair”, disse Jean, que não atuava como titular desde o dia 31 de agosto, na derrota para o Fluminense no Morumbi.

Publicidade

Na próxima quarta-feira, contra o Internacional, novamente o técnico Adilson Batista não vai poder contar com Piris. Wellington retorna, mas pode seguir em sua posição de origem, no meio, já que Denilson é quem vai cumprir suspensão desta vez. Chance para Jean seguir no time e tentar mostrar que o técnico pode contar com ele.

Publicidade