Clique e assine a partir de 8,90/mês

Jason Kidd é detido acusado de provocar acidente ao dirigir embriagado

Por Da Redação - 15 jul 2012, 18h11

Redação Central 15 jul (EFE).- O veterano armador americano Jason Kidd, que nesta semana assinou contrato com o New York Knicks, foi detido na madrugada deste domingo na área residencial de Southampton Village, em Nova York, acusado de provocar um acidente enquanto dirigia supostamente alcoolizado.

De acordo com um porta-voz da polícia local, Kidd, de 39 anos, sofreu lesões leves e foi examinado no Southampton Hospital. Ao receber alta da unidade, o atleta foi levado à chefia de polícia para ser indiciado. Apenas na manhã deste domingo ele foi colocado em liberdade.

As informações oficiais da policia não indicam se o jogador realizou o teste de alcoolemia pelo sistema de encorajamento.

Nem o agente do atleta, nem o clube nova-iorquino fizeram comentário sobre a detenção de Kidd, que na temporada passada vestiu a camisa do Dallas Mavericks, assinou com o Knicks por um ano e vai receber US$ 3 milhões (R$ 6 milhões) como agente livre.

O armador, 10 vezes selecionado para o All-Star Game, terá que se apresentar diante de um juiz, em data ainda não marcada. Caso seja condenado da acusação de dirigir embriagado, poderá ser condenado a um ano de prisão.

Atualmente, Kidd tem residência fixa em Nova York desde que atuou pelo New Jersey Nets (hoje Brooklyn Nets). Na temporada 2010-11, o jogador conquistou o título da NBA vestindo a camisa dos Mavericks.

Em 2001, o armador já havia sido detido, acusado de violência doméstica, quando atuava pelo Phoenix Suns. Posteriormente, Kidd admitiu ter agredido a ex-esposa. EFE

Continua após a publicidade
Publicidade