Clique e assine com até 92% de desconto

Jairo Araújo elogia o Atlético-GO, mas lamenta poucas finalizações

Por Da Redação 1 ago 2012, 22h59

O empate sofrido pelo Atlético-GO dentro de casa tem um motivo para o técnico Jairo Araújo. O treinador acredita que sua equipe fez uma boa partida no Serra Dourada, mas não conseguiu segurar a vantagem graças ao baixo número de finalizações ao gol defendido pelo arqueiro Ricardo.

Após elogiar os seus comandados na igualdade por 1 a 1 com o Figueirense, na estreia da Copa Sul-americana, Jairo Araújo lamentou que seus atletas tenham optado pela alternativa errada na hora de atacar. O técnico entende que alguns erros cometidos no ataque foram causados justamente por uma decisão equivocada dos atletas nos lances cruciais da partida.

‘Tivemos um bom primeiro tempo, poderíamos ter caprichado mais nas finalizações. Em alguns momentos optamos pelo passe e não finalizamos. No segundo tempo não conseguimos manter o ritmo’, destacou o treinador, que não escondeu a esperança que nutre em conseguir um resultado positivo no jogo de volta, em Florianópolis. ‘Não será impossível nós chegarmos lá e marcarmos um ou dois gols.’

Sem a vitória em sua primeira partida na Sul-americana, o Atlético-GO precisará se superar no Orlando Scarpelli para conseguir a classificação. O time terá que lidar com a vantagem do Figueirense, que poderá jogar pelo empate sem gols. Caso conquiste uma nova igualdade por 1 a 1, o time levará a disputa para os pênaltis, enquanto qualquer vitória colocará o Dragão nas oitavas de final do torneio continental.

‘É uma competição importante, primeira vez que o Atlético participa, pensei em colocar uma equipe para que o time fizesse um bom jogo. Não conseguimos a vitória, mas não saímos do nosso padrão de jogo e isso é importante’, concluiu o comandante, que agora foca na disputa do Brasileirão. O time ocupa a 19colocação, com nove pontos ganhos, e tentará a reabilitação neste sábado, diante do Botafogo, no Serra Dourada.

Continua após a publicidade
Publicidade