Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Isner vence Djokovic e vai à final em Indian Wells

Americano enfrentará o vencedor da partida entre Roger Federer e Rafael Nadal

O americano John Isner venceu neste sábado o número 1 do mundo Novak Djokovic por 2 sets a 1 (7/6 (9/7) 3/6 e 7/6 (7/5)), e se classificou à final do Masters 1.000 de Indian Wells, nos Estados Unidos. O tenista da casa agora espera o confronto entre Rafael Nadal e Roger Federer para conhecer o adversário em sua primeira final de um evento top no tênis.

Jogador mais alto (2,06 m) e com um dos saques mais potentes do circuito, Isner só precisou quebrar o saque de Djokovic uma vez para vencer o sérvio pela primeira vez na carreira. No primeiro set, cada um teve uma oportunidade de quebrar o serviço do adversário, e não deixou passar. No tie-break equilibrado, Isner conseguiu um mini-break e ficou com o ponto. No segundo set, Djokovic jogou como primeiro do mundo. Marcou 34 pontos, contra apenas 19 do rival, conseguiu três aces, uma quebra, e venceu por 6/3, levando o jogo para o tie-break. Com os dois tenistas sacando bem, a única chance de quebra de saque foi de Isner, um match point. Mas Djokovic se recuperou e levou o set para o tie-break. Voltou a falar mais alto o saque forte do americano, que não deixou o adversário trocar bolas e alcançou a vitória por 7/5 com mais um ace, o 21º dele na partida. Isner, o 11º do ranking mundial, chegou a um feito que poucos tenistas conseguiram: vencer Djokovic e Federer em um curto período de tempo. No começo de fevereiro, ele superou o suíço pela Copa Davis. O americano agora vai atrás do quarto título da carreira: já foi campeão em Winston-Salem e Newport, ambos em 2011, e em Auckland, um ano antes. (Com Agência Estado)