Assine VEJA por R$2,00/semana
Continua após publicidade

Ironizado por Lucas, Leão critica atuação de jogador

Por Da Redação
12 mar 2012, 10h17

Por AE

São Paulo – Depois de Lucas desabafar por meio do seu Twitter contra as críticas de Emerson Leão, que acusou o jogador de ser fominha diante do Independente-PA em jogo da Copa do Brasil, o meio-campista e o técnico voltaram a trocar “recados” após a vitória por 2 a 1 sobre a Portuguesa, no último domingo, no Morumbi, pelo Campeonato Paulista. Sacado pelo comandante para a entrada de Osvaldo durante o clássico, o jogador foi irônico ao comentar a sua atuação apagada, na qual evitou ser individualista e usar os seus tradicionais dribles e arrancadas. Mais comedido, ele abusou dos toques de lado.

Ao ser questionado se estava buscando mudar o seu estilo de jogo para agradar ao treinador, Lucas, sem citar o nome do Leão, respondeu: “Estou fazendo o que me pediram pra fazer, né? Driblar é o que gosto de fazer, mas estou tentando compensar as outras partidas onde não toquei a bola”.

Leão tentou minimizar o peso das declarações de Lucas logo após o jogo de domingo, mas não deixou de criticar a atuação do jovem diante da Portuguesa. “Ele não está chateado com as críticas, porque quem as faz são vocês (jornalistas), eu só procuro dar orientação. No primeiro tempo realmente ele optou mais pelo toque e não foi o Lucas, não rendeu. Por isso que foi substituído. Espero que ele não repita esse fraco desempenho, mas nada melhor do que um dia após o outro”, disse o comandante, para depois avisar que não hesitará em substituir Lucas em outras partidas se achar necessário. “Nome não significa nada.”

Continua após a publicidade

No mais, Leão mostrou satisfação com a reação são-paulina diante da Portuguesa, que chegou a abrir o placar do confronto no início do segundo tempo. O técnico destacou a evolução em relação ao jogo contra o Independente, na última quarta, em Belém, onde o São Paulo só conseguiu vencer por 1 a 0 e não teve sucesso no seu objetivo de eliminar o duelo de volta contra o rival na Copa do Brasil.

“Realmente o segundo tempo foi um pouco melhor do que o primeiro. Não podemos comparar a partida de hoje (domingo) com a de quarta-feira. Hoje foi muito superior. Tomamos um gol rápido e, quando se esperava que pudesse abalar, o time empatou muito rápido”, disse o treinador, antes de projetar nova evolução na partida de volta contra o Independente.

“O importante é somar mais uma vitória, a quarta consecutiva. Em quatro jogos, o nosso time sofreu apenas um gol. Na quarta-feira, pela Copa do Brasil, podemos subir nosso índice de aproveitamento ainda mais”, completou.

Publicidade

Matéria exclusiva para assinantes. Faça seu login

Este usuário não possui direito de acesso neste conteúdo. Para mudar de conta, faça seu login

Domine o fato. Confie na fonte.

10 grandes marcas em uma única assinatura digital

MELHOR
OFERTA

Digital Completo
Digital Completo

Acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 2,00/semana*

ou
Impressa + Digital
Impressa + Digital

Receba Veja impressa e tenha acesso ilimitado ao site, edições digitais e acervo de todos os títulos Abril nos apps*

a partir de R$ 39,90/mês

*Acesso ilimitado ao site e edições digitais de todos os títulos Abril, ao acervo completo de Veja e Quatro Rodas e todas as edições dos últimos 7 anos de Claudia, Superinteressante, VC S/A, Você RH e Veja Saúde, incluindo edições especiais e históricas no app.
*Pagamento único anual de R$96, equivalente a R$2 por semana.

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.
Fechar

Não vá embora sem ler essa matéria!
Assista um anúncio e leia grátis
CLIQUE AQUI.