Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Irã suspende jogadores por comportamento imoral

Por Yuri Cortez 1 nov 2011, 07h53

A Federação Iraniana de Futebol suspendeu dois jogadores de futebol por tempo indeterminado por comportamento imoral durante uma partida.

Os incidentes aconteceram durante uma partida entre Persépolis e Damash Gilan, exibida ao vivo pela televisão nacional.

As imagens, disponibilizadas no site YouTube, mostram o zagueiro do Persépolis Mohammad Nosrati apertando ostensivamente a bunda do companheiro Sheys Rezaei na comemoração de um gol.

Em outro vídeo, Sheys Rezaei abraça com força outro colega de time, depois que o Persépolis marca o gol da vitória de 3-2.

“Nosrati e Rezaei foram suspensos por tempo indeterminado de todas as atividades ligadas ao futebol por terem cometido atos inmorais”, afirmou Ismail Hasanzadeh, diretor da comissão de disciplina da federação.

Os atletas também foram suspensos pelo Persépolis, um clube subsidiado pelo governo, e terão que pagar multa 500 milhões de rials (40.000 dólares) cada.

Nosrati e Rezaei afirmaram que não pretendiam provocar escândalo. A Federação Iraniana tenta há alguns anos impor regras rígidas para o que considera atos imorais nos gramados, assim como a respeito da linguagem ofensiva utilizada por jogadores e torcedores.

Continua após a publicidade
Publicidade