Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Invictos, Atlético-MG e América-MG duelam pela liderança isolada

O jogo mais esperado, até o momento, na atual edição do Campeonato Mineiro, acontece neste domingo, às 16 horas, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas. O clássico entre Atlético-MG e América-MG marca o duelo dos invictos e 100% no Estadual. As duas equipes são as únicas que venceram todos os quatro primeiros jogos da competição, e fazem uma espécie de tira-teima neste domingo, que vale a liderança isolada.

Além da rivalidade tradicional de um clássico, o duelo deste domingo, vale a liderança do Mineiro. Em 2011 foi justamente o Coelho que quebrou a sequência invicta de cinco jogos do Galo. Com o objetivo de assegurar a liderança da primeira fase Estadual, os jogadores alvinegros não querem que o filme do ano passado se repita.

Para isso, o Atlético-MG conta com Neto Berola, que costuma dar sorte em duelos contra a equipe americana. ‘No ano passado, fiz alguns gols contra o América-MG. Se eu jogar, espero marcar meu primeiro gol no ano para acabar com essa ansiedade. Agora, o mais importante será a vitória da equipe para continuarmos na liderança’, disse.

Com o intuito de somar a quinta vitória, o técnico Cuca vai manter a base do time do Atlético-MG, mas pelo menos um desfalque já é certo. O meia-atacante Bernard, sofreu lesão muscular na panturrilha direita e está vetado pelo departamento médico, o jogador não tem previsão de ser liberado e deve ser substituindo por Mancini.No América-MG, que também venceu os quatro primeiros jogos do Mineiro, sendo os dois últimos de virada, a expectativa é que o sofrimento seja menor neste domingo. Este é o pensamento do zagueiro Gabriel, que destaca o bom momento vivido pelo Coelho e principalmente pelos garotos das categorias de base, que tem ajudado bastante o time.

‘Tomara que o América-MG possa vencer sem tanto sofrimento para nosso torcedor. Com certeza será a nossa partida mais difícil, e por isso, temos que ter muita concentração. Felizmente temos o Bryan, Kaio e o Kaká, que são garotos que sempre que entram tem ajudado muito, mas sabemos que a responsabilidade não pode ser jogada para garotos’, declarou.

O técnico Givanildo Oliveira também compartilha da opinião de Gabriel, mas frisa que os jovens jogadores também são cobrados. ‘São jovens ainda e nós resolvemos trazê-los pela situação do clube e porque eles provaram nos treinos ter chances de figurar no time titular. Eu não quero um jogador reserva que entre na partida só para participar, comigo tem que entrar para decidir’, disse.

Apesar de o zagueiro Gabriel ter citado o armador Kaká, o jogador será o único desfalque certo no Coelho, isso porque, o jogador que construiu a jogada do gol da virada sobre o Villa Nova, acabou expulso da partida após se envolver em um lance com o lateral adversário Zé Rodolfo e terá que cumprir suspensão no clássico.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG X ATLÉTICO-MG

Local: Estádio Arena do Jacaré, em Sete Lagoas (MG)

Data: 04 de março de 2012 (domingo)

Horário: 16 horas (horário de Brasília)

Árbitro: Igor Junio Benevenuto (FMF)

Assistentes: Guilherme Dias Camilo (Aspirante FIFA/MG) e Breno Rodrigues (CBF/FMF)

AMÉRICA-MG: Neneca; Rodrigo Heffner, Gabriel, Everton Luiz e Bryan; Leandro Ferreira, Moisés, Luciano e Rodriguinho; Adeílson e Fábio Júnior

Técnico: Givanildo Oliveira

ATLÉTICO-MG: Renan Ribeiro; Marcos Rocha, Réver, Rafael Marques e Richarlyson; Pierre, Leandro Donizete, Mancini e Escudero; Neto Berola (Danilinho) e André

Técnico: Cuca