Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Intocável, Vettel conquista sua 10ª ‘pole’ do ano em Monza

O alemão Sebastian Vettel (Red Bull) sairá domingo na ‘pole position’ no Grande Prêmio da Itália de Fórmula 1, disputado no circuito de Monza, perto de Milão, após ter conseguido, neste sábado, o melhor tempo do treino classificatório pela 10ª vez nesta temporada.

Vettel sairá na frente dos britânicos Lewis Hamilton (2º) e Jenson Button (3º), ambos da McLaren.

O espanhol Fernando Alonso (Ferrari) vai largar em quarto e o segundo piloto da Red Bull, Mark Webber, em quinto, ao lado do brasileiro Felipe Massa (Ferrari, 6º).

Já Bruno Senna sairá da décima posição, duas atrás do seu companheiro de equipe da Renault, o russo Vitaly Petrov (8º). O terceiro piloto brasileiro, Rubens Barrichello, da Williams, largará em 13º.

Com meio segundo de vantagem sobre Hamilton, Vettel voltou a dominar com folga seus rivais, como aconteceu no início da temporada, quando conquistou seis vitórias e largou sete vezes na ‘pole’ nas oito primeiras provas do ano.

Desde então, a concorrência voltou a ter esperanças, já que o alemão ficou três corridas sem vencer, (Alonso venceu na Inglaterra, Hamilton na Alemanha e Button ma Hungria).

Porém, no último Grande Prêmio, disputado na Bélgica, Vettel voltou cravar a ‘pole’ e venceu a prova, o que tem grandes chances de acontecer de novo neste domingo na Itália.

“Achávamos que fosse ficar mais apertado do que isso”, comentou o alemão, muito feliz com seu desempenho. “Não imaginávamos conseguir a ‘pole’ com uma vantagem tão importante nesta pista que não é das mais favoráveis para as nossas características”, completou.

O alemão guarda ótimas lembranças deste circuito de Monza, no qual conquistou a primeira vitória da sua carreira em 2008, na chuva, enquanto pilotava um carro muito mais modesto, pela Torro Rosso.

“Este tinha sido um fim de semana incrível, nunca vou me esquecer. Quando volto aqui, lembro-me das imagens, das mensagens de rádio que recebi após a vitória”, relatou.

Já o inglês Lewis Hamilton mostrou-se muito irritado após o treino classificatório, no qual ficou em segundo lugar apesar de ter anunciado na sexta-feira que tinha condições de superar o líder do campeonato. “Foi bastante apertado no Q1 e no Q2, mas depois ele levou meio segundo de vantagem no Q3, como sempre”, ironizou.

“Gostaria de ter uma margem dessas. Achávamos que seriamos competitivos neste fim de semana, mas na sua última volta, ele foi intocável”, lamentou.

Seu compatriota e companheiro de equipe Jenson Button, que largará da terceira posição, mostrou-se mais otimista. “Acho que será divertido neste domingo. Não será tão fácil para os Red Bull”, prevê.

Fernando Alonso, quarto colocado, também espera ter um bom desempenho no domingo.

“Normalmente, somos melhores durante a prova do que nos treinos. Esta quarta posição pode servir de base para alcançar meu objetivo, que é de terminar no pódio. Será difícil buscar a vitória, mas vamos tentar surpreender”, explicou espanhol, companheiro de equipe de Felipe Massa, melhor brasileiro do treino classificatório, que largará da sexta posição.

Grid de largada do Grande prêmio da Itália, que largarà neste domingo às 9h (horário de Brasília):

1ª linha:

Sebastian Vettel (ALE/Red Bull-Renault)

Lewis Hamilton (GBR/McLaren-Mercedes)

2ª linha:

Jenson Button (GBR/McLaren-Mercedes)

Fernando Alonso (ESP/Ferrari)

3ª linha:

Mark Webber (AUS/Red Bull-Renault)

Felipe Massa (BRA/Ferrari)

4ª linha:

Vitaly Petrov (RUS/Lotus-Renault)

Michael Schumacher (ALE/Mercedes)

5ª linha:

Nico Rosberg (ALE/Mercedes)

Bruno Senna (BRA/Lotus-Renault)

6ª linha:

Paul di Resta (SCO/Force India-Mercedes)

Adrian Sutil (ALE/Force India-Mercedes)

7ª linha:

Rubens Barrichello (BRA/Williams-Cosworth)

Pastor Maldonado (VEN/Williams-Cosworth)

8ª linha:

Sergio Perez (MEX/Sauber-Ferrari)

Sébastien Buemi (SUI/Toro Rosso-Ferrari)

9ª linha:

Kamui Kobayashi (JAP/Sauber-Ferrari)

Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso-Ferrari)

10ª linha:

Jarno Trulli (ITA/Team Lotus)

Heikki Kovalainen (FIN/Team Lotus)

11ª linha:

Timo Glock (GER/Virgin-Cosworth)

Jérôme d’Ambrosio (BEL/Virgin-Cosworth)

12ª linha:

Daniel Ricciardo (AUS/Hispania-Cosworth)

Vitantonio Liuzzi (ITA/Hispania-Cosworth)