Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Internacional estreia com derrota na Copa Libertadores

Equipe gaúcha foi derrotada por 3 a 1 pelo boliviano Strongest em La Paz

O Internacional não resistiu à altitude de La Paz e ao bom futebol do boliviano Strongest em sua estreia na Copa Libertadores. Com um primeiro tempo apático e um segundo em que sofreu os efeitos da altitude de 3.600 metros da capital boliviana, a equipe gaúcha perdeu de 3 a 1. Chumacero, duas vezes, e Ramallo marcaram os gols do time da casa. D’Alessandro, de pênalti, descontou. Para piorar as coisas, Nilmar foi expulso e não vai enfrentar a Universidad de Chile no dia 26, no Beira-Rio.

O jogo – O primeiro tempo foi totalmente dominado pelos bolivianos, que impuseram um ritmo muito forte. Logo aos 10 minutos, Escobar cruzou para Cristaldo, que girou e bateu. O goleiro colorado fez grande defesa, mas Chumacero, livre, marcou no rebote. Aos 14, o segundo: Escobar bateu cruzado para a área e Ramallo, sozinho, ampliou.

Leia também: Danilo descarta favoritismo do Corinthians em clássico

Ainda no primeiro tempo, o recém-contratado Anderson não resistiu à altitude e foi substituído, quase sem tocar na bola, pelo atacante Vitinho. Aos gritos de “olé” da torcida da casa, o Strongest tentava aproveitar a superioridade em campo para ampliar, mas não conseguiu concretizar as outras chances e o jogo foi para o intervalo com 2 a 0 no placar.

No segundo tempo, o panorama mudou e o Inter reagiu. O juiz marcou pênalti depois que a bola bateu no braço do jogador do time boliviano, e D’Alessandro converteu. A equipe gaúcha até chegou perto do empate com um chute de Vitinho na trave, mas conforme o jogo se aproximava do fim, o cansaço abatia cada vez mais os jogadores do Inter. Aos 40, veio a pá de cal: Escobar, em mais uma grande jogada, deixou Chumacero livre para driblar Alisson e fazer 3 a 1.

Com o placar, o Inter é o lanterna do grupo pelo saldo de gols, com zero ponto, assim como a Universidad de Chile que perdeu do Emelec por 1 a 0. O time brasileiro buscará a recuperação diante dos chilenos na semana que vem, mas antes, no domingo, visita o São Paulo-RS, pelo Gaúcho. O Strongest, por sua vez, fará um confronto de líderes com o Emelec na próxima terça, em Guayaquil.

(Com Gazeta Press)