Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Inter tenta romper a barreira da sétima posição contra o Figueirense

Por Da Redação 21 set 2011, 08h27

O Orlando Scarpelli, em Florianópolis, tem a seu favor uma barreira quase instransponível para o Inter. O Figueirense, adversário da noite desta quarta-feira, não deixa de ser um problema, mas o que intimida o Colorado é um obstáculo chamado sétima posição no Campeonato Brasileiro. No jogo das 21h50 (de Brasília), os gaúchos tentarão subir na tabela e ingressar na zona da Libertadores depois de muito tempo.

Tudo isso podia ter acontecido no fim de semana passado. Os adversários diretos vacilaram, o Inter tinham um Beira-Rio inteiro a seu favor e sabia o resultado dos oponentes. Era só fazer o seu papel. Não deu.

O empate com o Coritba voltou a empacar os gaúchos no sétimo lugar. Desde a 11rodada, a equipe não consegue ir além dessa posição. Das 24 rodadas disputadas, em nove delas, os colorados ficaram neste posto. O G4, agora chamado de G5 por causa da liderança do Vasco, foi um local habitado pelo Inter somente uma vez, em uma longínqua oitava rodada.

O Fluminense, quinto colocado e dono da última vaga ao torneio continental, possui 37 pontos, um a mais que a equipe de Dorival Júnior. A disputa por uma vaga para disputar o tri da América parecia distante há poucos dias. Agora se torna uma possibilidade real, aumentando o ânimo do elenco. ‘Temos que chegar no G-4 na hora certa e não sair mais. Estamos a um ponto. Estamos no caminho’, comentou o volante Elton.

O time mudará pouco em relação ao confronto com o Coxa. A única modificação será o retorno de D’Alessandro. O meia cumpriu suspensão automática no domingo e volta no lugar do garoto Dellatorre.

O Figueirense vive um momento de queda na competição. A 12posição é a pior classificação dos catarinenses nessa edição do Nacional. O time não vence há quatro jogos, com um a derrota e três empates seguidos. O momento vivido por alguns jogadores do adversário preocupa a Máquina do Estreito.

‘O Inter tem jogadores que são a sensação do momento no Brasil, estão numa fase muito boa. Mas eles vão enfrentar uma equipe que joga muito bem em casa, forte, para vencer: a nossa. Independente da qualidade deles, temos que vencer’, opinou o volante Ygor.

O meio-campista junto com o lateral esquerdo Juninho, ele desfalcou o time no 0 a 0 com o Atlético-PR no fim de semana.

FICHA TÉCNICA

Continua após a publicidade

FGUEIRENSE X INTERNACIONAL

Local: Estádio Orlando Scarpelli, Florianópolis (SC)

Data: 21de setembro de 2011, quarta-feira

Horário: 21h50 (de Brasília)

Árbitro: Felipe Gomes da Silva (RJ)

Assistentes: Dilbert Pedrosa Moisés (Fifa-RJ) e Gilson Bento Coutinho (PR)

FIGUEIRENSE: Wilson; Bruno, Roger Carvalho, Edson Silva e Juninho; Jônatas, Ygor, Maicon e Fernandes (Rhayner); Wellington Nem e Júlio César

Técnico: Jorginho

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Juan e Kleber; Elton, Guiñazu, Andrezinho, Oscar e D’Alessandro; Leandro Damião

Técnico: Dorival Júnior

Continua após a publicidade
Publicidade