Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Inter reage e vence o Emelec por 3 a 2 pela Libertadores

Equipe brasileira chegou a levar virada dos equatorianos, mas se recuperou no segundo tempo; resultado deixa os dois times empatados na liderança do Grupo 4

Vaiado na saída do intervalo, o Inter saiu de campo merecidamente aplaudido por sua torcida, nesta quarta-feira, no Beira-Rio. Depois de sofrer a virada no primeiro tempo, a equipe colorada voltou à frente do placar e derrotou o equatoriano Emelec, por 3 a 2, pela terceira rodada do Grupo 4 da Libertadores. Nilmar, Alex e Réver marcaram para os gaúchos.

O resultado deixa Inter e Emelec empatados com seis pontos, mas o time equatoriano lidera porque têm melhor saldo de gols. As equipes voltam a se enfrentar daqui a duas semanas, desta vez em Guayaquil. D’Alessandro, desde já é dúvida. O argentino saiu chorando no primeiro tempo, com aparente lesão muscular.

Leia também: Corinthians vence San Lorenzo e lidera ‘grupo da morte’

O jogo – O Beira-Rio lotado incentivou o Inter a começar o jogo em cima do Emelec. A intenção com a blitz era marcar um gol logo e o objetivo foi alcançado. Aos 10, Nilmar recebeu boa assistência de D’Alessandro, nas costas da zaga, e bateu na saída do goleiro. Sem marcar desde outubro, o atacante comemorou com a torcida.

Parecia o prenúncio de uma partida tranquila para o Inter, mas uma bobeada da zaga permitiu o empate. Burbano recebeu sozinho atrás da zaga, driblou o goleiro e empurrou para as redes, aos 22 minutos. No final da primeira etapa, veio a virada. Mena tabelou com Bolaños, saiu na cara de Alisson e fez o segundo dos equatorianos. Na saída para o intervalo, logo após o gol, o Inter foi vaiado pela sua torcida.

O segundo tempo colorado, porém, voltou a animar os torcedores. O empate saiu logo aos 14 minutos, com Alex, artilheiro do time do ano. O meia recebeu de Nilmar e deu um leve toque na saída do goleiro. A virada veio aos 36 minutos. Depois do rebote do escanteio, o zagueiro Réver encheu o pé e estufou a rede. No final da partida, aplausos da torcida colorada.

(Com Estadão Conteúdo)