Clique e assine com até 92% de desconto

Inter quer compensar gasto com Dagol e pede R$ 1,5 milhão ao Fla por Bolívar

Por Da Redação 27 dez 2011, 16h57

O pagamento de R$ 1,4 milhão ao São Paulo para ter Dagoberto antes de maio não ficou de graça para a diretoria do Inter, que já pediu R$ 100 mil a mais do valor do atacante para liberar o zagueiro Bolívar e não começar 2012 com prejuízo financeiro.

De acordo com Giovanni Luigi, presidente do Colorado, houve um contato do Flamengo há 15 dias na intenção de contratar o defensor, mas pesaram as bases do contrato e a suspensão imposta ao jogador que deu uma entrada violenta no lateral Dodô, do Bahia, e foi punido com 15 dias e mais duas partidas.

‘Temos contrato de mais dois anos com o jogador. Então, para ele sair, precisa haver um acordo entre as três partes: o Inter, o jogador e a interessada. Essa última nos procurou há 15 dias, mas não evoluiu as tratativas e agora fixamos o preço para definir a situação’, afirmou o mandatário à Rádio Guaíba.

Quem nega a declaração de Luigi é Neco Cirne, empresário do atleta, que confirmou a urgência do Flamengo para contar com Bolívar na disputa da Copa Libertadores em 2012, mas garantiu que os cariocas ainda estão analisado juridicamente toda a situação.

Os Rubro-Negros querem um jogador experiente para fazer dupla com Alex Silva na Libertadores. Wellinton, perseguido pela torcida, e David Braz são as outras opções no elenco, mas desagradam ao técnico Vanderlei Luxemburgo. Já Dorival Júnior, comandante do Colorado, também busca jogadores de defesa, pois perdeu Sorondo para o Grêmio, Juan para um grupo de empresário e, possivelmente, Bolívar para o Flamengo.

Continua após a publicidade
Publicidade