Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Inter luta para ter boa vantagem em casa na Libertadores

Por AE

Porto Alegre – Em um duelo de antigos campeões da Copa Libertadores, Internacional e Once Caldas se enfrentam nesta quarta-feira, pela fase preliminar da competição continental, para ver quem continua na disputa. A abertura do confronto será no estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, em partida marcada para começar às 22 horas. E o clube gaúcho sabe da importância de abrir boa vantagem em casa antes de fazer o jogo de volta na próxima semana, na Colômbia.

Campeão da Libertadores em 2006 e 2010, o Internacional precisa passar pela fase preliminar desta edição para poder lutar pelo tricampeonato. Mas terá um duro adversário pela frente: o Once Caldas também tem tradição na competição, depois de ter conquistado o título em 2004. O vencedor desse confronto entre brasileiros e colombianos irá entrar no Grupo 1, que já conta com o Santos, o Juan Aurich (Peru) e o The Strongest (Bolívia).

Diante do Once Caldas, principalmente jogando no Beira-Rio, a aposta do Internacional é na força do seu ataque. O grande reforço do clube para a temporada foi o atacante Dagoberto, que veio do São Paulo para formar dupla com Leandro Damião. Além disso, conseguiu manter, pelo menos por enquanto, o meia argentino D’Alessandro, que irá jogar nesta quarta mesmo tendo recebido uma oferta milionária do futebol chinês.

O Internacional ainda corre o risco de perder D’Alessandro, mas ele confirmou presença no jogo decisivo desta quarta, aumentando o poder ofensivo do time, já que o técnico Dorival Júnior também pretende escalar o meia Oscar entre os titulares. Assim, com um poderoso quarteto de frente, o clube gaúcho espera conseguir uma boa vitória sobre o Once Caldas para ter tranquilidade para decidir a vaga em Manizales, na Colômbia.

Do lado do Once Caldas, o técnico Pompilio Páez admitiu que a preparação “não foi ideal” para a estreia na Libertadores, mas mostrou confiança nas chances da equipe colombiana no Beira-Rio. “Tivemos apenas duas semanas e meia de treinamentos, mas acredito que podemos conseguir um bom resultado. Não temos as mesmas condições deles (do Internacional), mas contamos com muito trabalho e muita vontade”, avisou o treinador.