Clique e Assine a partir de R$ 19,90/mês

Inter de Milão é multada por ofensas da torcida a Balotelli

Torcedores mostraram bananas infláveis ao jogador do Milan no domingo

Por Da Redação 26 fev 2013, 15h40

A Inter de Milão foi multada em 50.000 euros (cerca de 115.000 reais) nesta terça-feira, depois que seus torcedores foram flagrados fazendo insultos racistas a Mario Balotelli, ex-jogador da própria equipe e hoje atleta do Milan, no clássico disputado no último domingo, pelo Campeonato Italiano. O atacante, por sua vez, acabou sendo multado em 10.000 euros (23.000 reais) por ter rebatido os insultos com um gesto considerado agressivo em relação aos torcedores: ele pôs o dedo indicador nos lábios, pedindo silêncio a cada vez que os torcedores adversários imitavam o som de macacos e acenavam com bananas infláveis em direção ao jogador. Curiosamente, o atacante foi elogiado pelo técnico do Milan, Massimiliano Alegri, por ter reagido dessa forma às ofensas, sem explosões ou arroubos de fúria, comuns em sua carreira.

Leia também:

Balotelli, quem diria, vira exemplo de bom comportamento

O comunicado divulgado nesta terça-feira pela Comissão Disciplinar do Campeonato Italiano informou ainda que a multa não aconteceu apenas em razão das atitudes contra Balotelli, mas também por insultos racistas da torcida da Inter contra Sulley Muntari, também ex-jogador do clube e hoje do Milan, e pelo uso de lasers apontados para os olhos dos atletas da equipe rubro-negra.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Filho de pais ganeses, nascido na Itália e adotado por uma família local, Balotelli começou a jogar na Inter e deixou o clube em 2010, para defender o Manchester City, alegando entre outras coisas estar farto de ouvir ofensas racistas. Torcedores da Juventus chegaram a entoar um canto com os dizeres “um italiano negro não existe” que obrigou o time a jogar uma partida com portões fechados como punição. Balotelli voltou à Itália em janeiro para defender o Milan, e disputa apenas os jogos do Campeonato Italiano, pois já entrou em campo na Liga dos Campeões pelo Manchester City.

(Com Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade