Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Inter consegue liminar para voltar a usar o Beira-Rio

Por AE

Porto Alegre – O Internacional conseguiu reverter na justiça a decisão que o impedia de utilizar o Estádio do Beira-Rio enquanto este estivesse em reformas de adequação para a Copa do Mundo de 2014. Nesta segunda-feira, a desembargadora Mylene Maria Michel, da 19.ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul, concedeu liminar ao Inter para que o time gaúcho volte a utilizar sua casa.

O uso do Beira-Rio, de acordo com a decisão da relatora do processo, deverá ser apenas parcial. Com as obras no anel inferior, só poderão ser vendidos ingressos para o anel superior, que suporta pouco mais de 20 mil pessoas.

Ainda assim, a desembargadora coloca restrições: “Com total impedimento de acesso ao anel inferior, além das medidas de proteção e isolamento de material e equipamento relativos às obras, tudo sob a prévia análise e aprovação das autoridades de segurança pública.”

A liminar é sustentada pelo argumento do risco de “lesão grave e de difícil reparação” ao Internacional, que teria que alugar outro estádio, fora de Porto Alegre. A decisão da desembargadora, porém, poderá ser revertida ou confirmada em julgamento colegiado.

Com isso, o Inter vai poder receber o Cruzeiro no Beira-Rio, sábado, às 18h30, para jogo da oitava rodada do Campeonato Brasileiro. A equipe, porém, não treinará mais ali. A partir desta terça o grupo trabalhará em dois campos de grama natural que foram instalados nas dependências do Parque Gigante, de propriedade do clube colorado.

Academia de musculação, vestiário, sala dos médicos, dos fisioterapeutas e do serviço social, entre outros itens que compõem o departamento de futebol profissional, também já estão de casa nova.