Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Insatisfação de Leonardo pode causar sua saída do Paris Saint-Germain

Diretor esportivo do Paris Saint-Germain, o brasileiro Leonardo não estaria satisfeito com a vida que vem levando na França e já cogitaria o abandono de suas funções no clube francês. O ex-jogador não teria se adaptado ao país, o que motivaria sua demissão e um provável retorno à Itália.

Outro ponto que pesa a favor do rompimento de seu vínculo com o PSG é uma cláusula presente em seu contrato, que libera o pagamento de multa caso a rescisão seja unilateral. O ex-técnico do Milan e Inter de Milão foi contratado no começo da temporada, para comandar a reestruturação da equipe, que foi adquirida pelo sheik Al-Khelaifi.

‘Há uma vontade crescente. Ele não se sente muito bem na França e acha que não é bem quisto. Está isolado e não seria uma surpresa vê-lo partir’, declarou uma fonte próxima ao dirigente, em entrevista ao jornal francês Le 10 Sport.

A situação de Leonardo no clube poderá melhorar caso a contratação do inglês David Beckham seja concretizada. O armador é o grande sonho de consumo do brasileiro, que já foi responsável pela transferência do argentino Pastore, na última janela de transferências.

Além do astro do LA Galaxy, o diretor de esportes da equipe francesa espera contar com o italiano Carlo Ancelotti para comandar o time no Campeonato Francês. Apesar da vice-liderança na competição, o atual treinador, Antoine Kombouaré, não é unanimidade entre a torcida e os dirigentes e não deverá permanecer no Paris Saint-Germain por muito tempo.