Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ingressos de cadeira inferior para semi e final do Aberto do Brasil estão esgotados

A vinda do Aberto do Brasil para São Paulo está movimentando o público paulista. A 24 dias do início do único torneio ATP realizado no país, os ingressos para cadeira inferior para os dias 18 e 19 de fevereiro, dias das semifinais e final, respectivamente, já estão esgotados. Restam apenas ingressos para cadeira superior e camarotes nesses dois dias. O torneio será realizado de 11 a 19 de fevereiro, no Complexo Desportivo Constâncio Vaz Guimarães.

Menores de 10 anos têm entrada franca no Anel Superior e deverão retirar o ingresso cortesia na bilheteria do Ginásio do Ibirapuera, nos dias do evento, mediante apresentação de documento com foto. Maiores de 60 anos, professores da rede estadual e estudantes têm a opção de meia-entrada.

O ginásio abrigará jogos diurnos e noturnos. O público que adquirir o ingresso para o estádio principal terá acesso ao estádio secundário (Mauro Pinheiro) que terá duas quadras e sediará apenas jogos diurnos.

O ingresso é valido para os jogos diurnos e noturnos e o público que sair do estádio entre os jogos terá acesso no retorno aos estádios desde que esteja portando o canhoto do ingresso.

Confira os lugares e valores:

Segunda a quinta – 13 a 16 de fevereiro

Anel Superior – R$ 15,00

Anel Inferior – R$ 50,00

Sexta – 17 de fevereiro (Quartas de final)

Anel Superior – R$ 25,00

Anel Inferior – R$ 60,00

Sábado – 18 de fevereiro (Semifinais)

Anel Superior – R$ 25,00 (esgotados)

Anel Inferior – R$ 100,00

Domingo – 19 de fevereiro (Final)

Anel Superior – R$ 35,00 (esgotados)

Anel Inferior – R$ 100,00

* Ambos anéis terão assentos livres

Em sua 12edição, o Brasil Open, que será realizado pela primeira vez na capital paulista, já confirmou grandes nomes do tênis internacional: espanhóis Fernando Verdasco, Tommy Robredo e Juan Carlos Ferrero, o francês Gilles Simon, o argentino David Nalbandian e o chileno Fernando Gonzalez, todos ex-top 10, além do tenista número 1 do Brasil, Thomaz Bellucci.