Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Inglaterra empata com a Irlanda antes de jogo no Maracanã

Em amistoso morno e marcado por homenagens, ingleses ficaram no 1 a 1

Por Da Redação 29 Maio 2013, 19h24

A Inglaterra empatou por 1 a 1 com a Irlanda em amistoso disputado nesta quarta-feira, no estádio de Wembley, em Londres, às vésperas da viagem para o Rio – o time comandado por Roy Hodgson enfrenta a seleção brasileira no domingo, na reabertura do Maracanã após a reforma para a Copa das Confederações, que começa daqui a duas semanas, e a Copa do Mundo de 2014. O jogo foi morno, no pique das férias que os jogadores terão a partir de segunda-feira, e serviu para duas comemorações: o 150º aniversário da Federação Inglesa de Futebol (FA), a pioneira do esporte, e a homenagem ao lateral-esquerdo Ashley Cole, que em fevereiro, na vitória por 2 a 1 sobre o Brasil, completou seu 100º jogo pela seleção e desta vez teve a honra de ser o capitão do time.

Leia também:

De Kaká a Neymar, lacuna entre gerações atrapalha Brasil

A seleção brasileira dos secadores, um time dos sonhos

Com a bola rolando, a Irlanda começou a partida mais animada e abriu o placar aos 13 minutos do primeiro tempo: Shane Long aproveitou cruzamento da direita e cabeceou no canto, sem defesa para Hart. Sem se deixar abater, a Inglaterra manteve a calma e, trocando passes, chegou ao empate nove minutos depois. Sturridge cruzou da esquerda e Lampard dominou, cortou a marcação e arrematou colocado. Os donos da casa então passaram a ter o domínio do jogo, apesar da forte retranca dos irlandeses, mas Walcott e Lampard perderam as melhores chances.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Em outro amistoso disputado nesta quarta-feira, a Alemanha venceu o Equador por 4 a 2, em Boca Raton, nos Estados Unidos. Os alemães, desfalcados dos jogadores de Borussia Dortmund e Bayern de Munique, chegaram a abrir 4 a 0 ainda no primeiro tempo: Podolski abriu o placar aos seis segundos de jogo, após roubar uma bola na saída de jogo, Bender ampliou aos 4, Podolski marcou de novo aos 17 e Bender completou aos 24. O Equador descontou com Valencia, no fim da etapa inicial, e Ayovi, no segundo tempo. A Alemanha volta a campo no domingo, contra os Estados Unidos, em Washington, enquanto o Equador enfrenta o Peru, no dia 7, pelas Eliminatórias da Copa de 2014.

(Com agências EFE e Estadão Conteúdo)

Continua após a publicidade
Publicidade