Assine VEJA a partir de R$ 9,90/mês.

Inglaterra elimina Ucrânia e ajuda França na Eurocopa

Por Carl de Souza - 19 jun 2012, 18h12

A seleção da Inglaterra derrotou por 1 a 0 a co-anfitriã Ucrânia, nesta terça-feira em Donetsk, e avançou para as quartas de final da Eurocopa-2012 como líder do grupo D, ajudando a França, que com a derrota ucraniana também se classificou apesar de ter perdido por 2 a 0 para a já eliminada Suécia, em Kiev.

Os ingleses disputarão uma vaga nas semifinais com a Itália, vice-líder da chave C, neste domingo em Kiev, enquanto os franceses terão pela frente a atual campeã mundial e europeia Espanha, neste sábado em Donetsk.

A França tem uma ótima lembrança da última vez que se classificou em segundo lugar do seu grupo para enfrentar a Espanha nas quartas, na Eurocopa-2000. Na ocasião, ‘Les Bleus’ superaram os espanhóis por 2 a 1 e acabaram conquistando o título ao derrotar a Itália na final, por 1 a 0 na prorrogação.

No último confronto entre as duas equipes numa grande competição, os franceses também levaram a melhor ao vencer de virada por 3 a 1 seu duelo contra a ‘Fúria’ nas oitavas de final da Copa do Mundo de 2006, na Alemanha.

Publicidade

Nesta terça-feira, em Kiev, os comandados do técnico francês Laurent Blanc não estavam inspirados e levaram dois gols no segundo tempo. O atacante Zlatan Ibrahimovic, artilheiro do último Campeonato Italiano com o Milan, abriu o placar para a Suécia com um golaço de voleio aos 9 e Sebastian Larrson selou o resultado nos acréscimos.

Já os ingleses estragaram a festa da torcida ucraniana com um gol marcado aos 3 da etapa final por Wayne Rooney, que fez sua estreia na competição após cumprir uma suspensão de duas partidas por ter agredido um jogador montenegrino durante as eliminatórias.

A Ucrânia começou a partida sem o atacante Andrei Shevchenko, que entrou no segundo tempo apesar de sentir dores no joelho.

Os antitriões também foi vítimas de um erro do árbitro, que anulou um gol anotado por Devic aos 17 do segundo tempo, enquanto a bola tinha nitidamente passado da linha antes de ser tirada pelo zagueiro John Terry.

Publicidade