Clique e assine a partir de 9,90/mês

Indy: Reay agora é favorito, mas Kanaan pode surpreender

Brasileiro tem lesão na mão. A dúvida é saber se suporta a dor a corrida inteira

Por Da Redação - 5 May 2013, 07h31

“Largar na frente é ótimo, mas quarto, primeiro ou 18º não quer dizer nada. Essa é uma prova que não tem favorito”, disse Kanaan

Finalmente a quarta edição da Fórmula Indy no circuito de rua do Anhembi pode ter um vencedor diferente. Nas três primeiras edições, não teve para ninguém: o australiano Will Power, da Penske, faturou fácil. Mas neste domingo, às 12h30, horário da largada, pode começar a mudar a história de sucesso de Power. O atual campeão da categoria, americano Ryan Hunter-Reay, fez dobradinha com o venezuelano E.J. Viso, pela Andretti, seguidos por Dario Franchitti, da Chip Ganassi, e o brasileiro Tony Kanaan, da KV. Power larga lá atrás, na 22ª posição.

Leia também:

Hunter-Reay é pole e Kanaan larga em 4º no Anhembi

Vice da Indy elogia pista e brasileiros aprovam mudanças

Tony Kanaan correrá com a mão fraturada no Anhembi

Organizadores da Indy em SP prometem pista lisinha

Continua após a publicidade

Além do natural favoritismo de Reay e Viso pela posição que ocupam – a equipe larga na primeira fila pela terceira vez em quatro corridas -, Kanaan mostrou superação e acredita num bom resultado, até em vitória, mesmo sofrendo fortes dores na mão direita, lesionada após acidente em Long Beach. Ele tem tomado injeções, correu com proteção especial e fez compressas de gelo no intervalo das sessões. Vai ter de se superar de novo para suportar as 75 voltas da corrida.

Acompanhe VEJA Esporte no Facebook

Siga VEJA Esporte no Twitter

Hélio Castroneves, que lidera o campeonato, vai largar em 18º, quatro posições à frente de Power, e a chance de vitória existe. “Largar na frente é ótimo, mas quarto, primeiro ou 18º não quer dizer nada. Essa é uma prova que não tem favorito”, disse Kanaan. Além disso, a previsão do tempo chegou a dar mais de 80% de chance de chuva na parte da tarde, o que poderia transformar a prova numa grande surpresa volta após volta. Além da motivação de correr em casa, Kanaan vai atingir neste domingo a marca de 200 corridas seguidas na Indy – o recorde da categoria é do americano Jimmy Vasser, que tem 211 provas consecutivas.

O grid de largada da São Paulo Indy 300:

1 – Ryan Hunter-Reay (EUA/Andretti)

2 – EJ Viso (VEN/Andretti)

Continua após a publicidade

3 – Dario Franchitti (ESC/Chip Ganassi)

4 – Tony Kanaan (BRA/KV)

5 – James Hinchcliffe (CAN/Andretti)

6 – Scott Dixon (NZL/Chip Ganassi)

7 – Sebastien Bourdais (FRA/Dragon)

8 – Simona de Silvestro (SUI/KV)

9 – Justin Wilson (GBR/Dale Coyne)

Continua após a publicidade

10 – Marco Andretti (EUA/Andretti)

11 – JR Hildebrand (EUA/Panther)

12 – Takuma Sato (JAP/ AJ Foyt)

13 – Oriol Servià (ESP/Panther)

14 – Ed Carpenter(EUA/Ed Carpenter)

15 – Alex Tagliani (CAN/Barracuda)

16 – Bia Figueiredo (BRA/Dale Coyne)

Continua após a publicidade

17 – Charlie Kimball (EUA/Chip Ganassi)

18 – Hélio Castroneves (BRA/Penske)

19 – Graham Rahal (EUA/Rahal Letterman)

20 – Sebastian Saavedra (COL/Dragon)

21 – Tristan Vautier (FRA/ Schmidt Peterson)

22 – Will Power (AUS/Penske)

23 – Josef Newgarden (EUA/Sarah Fisher)

Continua após a publicidade

24 – Simon Pagenaud (FRA/Schmidt Hamilton)

25 – James Jakes (GBR/Rahal Letterman)

(Com Estadão Conteúdo e agência Gazeta Press)

Publicidade