Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

‘Indócil’, Luis Fabiano tem escalação garantida na penúltima rodada

Por Da Redação 30 mar 2012, 05h00

Ao ficar fora da vitória sobre o Catanduvense, Luis Fabiano completou dois jogos seguidos fora do time. Mas não desfalcará por quatro. De acordo com Emerson Leão, o edema na coxa esquerda do atacante pode até tirá-lo da partida de domingo, contra o Ituano, mas não do duelo contra o Mogi Mirim, no dia 7.

‘Se o Luis Fabiano não jogar no domingo, com certeza joga no outro. Teremos a semana que vem inteira sem jogos’, estimou o treinador, ressaltando a vontade do centroavante em ser escalado, já que passou mais de um mês nesta temporada vetado por contusões musculares.

‘O Luis Fabiano está indócil, já queria jogar contra o Catanduvense e os médicos tiveram que segurá-lo, já que treinador quer sempre escalar’, sorriu, assegurando um goleador 100%. ‘Se o Luis Fabiano entrar, vai ser para jogar na plenitude máximo. Temos um bom diálogo com ele.’Além de Luis Fabiano, outra dúvida surgiu para o confronto em Itu. Osvaldo entrou no segundo tempo do jogo contra o Catanduvense e deixou o jogo com dores na coxa esquerda. Será avaliado nesta sexta-feira para saber se tem condições de se relacionado. ‘Tivemos um probleminha com o Osvaldo, que sofreu várias faltas sucessivas. O jogador vai abrindo a perna e acontece o problema. Não é despreparo’, reclamou Leão.

Contra o Catanduvense, o treinador quase não pôde contar com Fernandinho, decisivo nos dois gols, por conta de dores no joelho direito. ‘Eu era dúvida até poucas horas da partida. O Leão conversou comigo e fiz tratamento intensivo, o tempo todo na concentração. O pessoal da fisioterapia mais uma vez me ajudou bastante. Doeu um pouco durante o jogo, mas valeu a pena’, comemorou o jogador.

Fernandinho deve continuar tratamento na sexta-feira e no sábado para ficar à disposição no domingo, assim como Osvaldo. Outro que ficará no Reffis com a esperança de ser relacionado é Fabrício, ainda em tratamento de contratura na panturrilha direita que não o deixa jogar há mais de um mês.

Continua após a publicidade

Publicidade