Clique e assine a partir de 9,90/mês

Indianápolis: Japonês faz história ao vencer as 500 Milhas

Takuma Sato supera Hélio Castroneves para se tornar o primeiro de seu país a ganhar a corrida. Fernando Alonso abandona a prova por quebra de motor

Por Da redação - 28 Maio 2017, 17h59

Takuma Sato entrou para a história das 500 Milhas de Indianápolis neste domingo ao se tornar o primeiro piloto japonês a vencer uma das provas mais tradicionais do automobilismo mundial. Sato ganhou a corrida, que teve vários acidentes, depois de levar a melhor em uma disputa com Hélio Castroneves nas voltas finais.

O japonês da equipe Andretti terminou a corrida, que se aproximou das quatro horas de duração, apenas 0s201 à frente de Castroneves, que chegou muito perto de sua quarta vitória na prova. Em terceiro ficou o inglês Ed Jones. O outro brasileiro das 500 Milhas, Tony Kanaan, terminou na quinta colocação.

Fernando Alonso, a grande atração da 101ª edição do evento, teve momentos de protagonismo em Indianápolis. Ele liderou a corrida em algumas ocasiões e chegou a sonhar com a vitória, mas teve de abandonar a prova a 21 voltas do fim (são 200 no total) porque o motor de sua McLaren Andretti quebrou.

Como é tradicional nas 500 Milhas, houve várias interrupções causadas por acidentes. O mais grave deles teve como protagonista o neozelandês Scott Dixon, que largou na pole position. Ele bateu no carro de Jay Howard, decolou e se chocou com violência contra o muro interno do circuito, mas saiu do episódio sem ferimentos.

Publicidade