Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Incomodados com falhas, são-paulinos falam em conversa e treino para corrigir

Por Da Redação 14 fev 2012, 07h32

Os jogadores do São Paulo são relativamente altos, mas a bola cruzada na área segue sendo a grande vilã da defesa do Tricolor, que deixou de vencer apenas três vezes no Campeonato Paulista. A primeira foi o empate diante do Guarani, com gol de Fumagalli após cruzamento de Danilo Sacramento. Outro empate veio contra o Comercial, em bola lançada por Fabão e gol de Jailton após falha defensiva. Por último, no domingo, a derrota no Majestoso diante do Corinthians, com lançamento de Jorge Henrique e gol marcado por Danilo.

Tentando minimizar os efeitos e não encontrar culpados, o Tricolor está incomodado pelas falhas sucessivas, mas garante que não pode se desesperar e corrigir com máximo rigor. A solução dos problemas está na conversa e no treinamento, que será pesado após a derrota diante do Corinthians. Tanto que o grupo se reapresenta na manhã da terça-feira e dá início a um regime de concentração visando ao duelo de quinta contra o Paulista.

‘Estamos cometendo alguns erros de marcação. A gente volta a treinar e não pode errar, sabemos, mas cada jogador tem seu jeito de lidar. Não temos só zagueiros, temos meias altos, atacantes altos, que voltam para marcar. A outra equipe tem méritos também, vários fatores são incluídos nisso. Isso é coisa para observar no dia a dia’, afirmou o goleiro Dênis, preocupado com o rendimento dos companheiros.

Curiosamente, as falhas começaram a acontecer a partir da entrada do zagueiro Paulo Miranda no lugar de Edson Silva, que foi titular nas primeiras rodadas em virtude de uma lesão leve do atual companheiro de Rhodolfo.

Com o objetivo de diminuir os erros, o próprio goleiro dá a receita: ‘Eu assisto todo jogo meu para ver o que acertei, o que errei, procuro me conhecer melhor. Temos jogadores altos e isso tem que parar de acontecer. Pode ser falha de posicionamento, também porque estamos deixando o cara correr solto’.

Continua após a publicidade

Publicidade