Clique e Assine por apenas R$ 0,50/dia

Inchaço faz exame com Cañete ser adiado no São Paulo

Por Da Redação 1 nov 2011, 11h01

Por Bruno Deiro

São Paulo – Depois de o São Paulo empatar por 0 a 0 com o Vasco, no último domingo, o elenco comandado pelo técnico Emerson Leão voltou aos treinos na manhã desta terça-feira, visando a partida do próximo sábado, contra o Bahia, em Salvador, pela 33.ª rodada do Campeonato Brasileiro. E um dos jogadores que não puderam participar da atividade foi o meia Cañete, que lesionou o joelho direito minutos depois de entrar em campo no segundo tempo do confronto com o time carioca.

Na última segunda, o jogador argentino foi diagnosticado com uma lesão parcial no ligamento cruzado posterior. E o médico do São Paulo, José Sanchez, revelou que o atleta não deverá passar por um novo exame nesta terça, tendo em vista o fato de que o joelho lesionado ainda está muito inchado. A nova avaliação servirá para o clube decidir se o meio-campista precisará ou não ser submetido a um tratamento cirúrgico.

“Está tão inchado que o exame deve ficar para amanhã (quarta) ou para os próximos dias. Dificilmente vai ser feito hoje (terça)”, afirmou Sanchez, para depois deixar claro que Cañete não deverá mais atuar nesta temporada pelo São Paulo, mesmo se não precisar ser operado. “Se ele operar, ficará seis meses fora. E, mesmo que optarmos pelo tratamento convencional, ficaria fora de quatro a cinco semanas”, reforçou.

Como o Campeonato Brasileiro terminará no dia 4 de dezembro, Cañete não deverá mais reunir condições de defender o São Paulo nesta edição da competição. O último jogo contra o Vasco foi apenas o seu segundo com a camisa do clube. Anteriormente, ele atuou na derrota por 2 a 1 para o Fluminense, no Morumbi, no dia 31 de agosto.

LUÍS FABIANO E ROGÉRIO – Se Cañete deve ficar fora do resto da temporada do São Paulo, Leão espera poder contar com o retorno de Rogério Ceni e Luís Fabiano na partida contra o Bahia. O goleiro se recupera de dores no tornozelo esquerdo, enquanto o atacante luta para superar uma lesão muscular na coxa direita. Os dois ficaram fora do confronto com o Vasco.

Rogério e Luís Fabiano não foram a campo na manhã desta terça, mas a expectativa é de que os dois voltem a treinar nesta quarta, quando poderão mostrar se terão ou não condições de atuar contra o time baiano. O certo é que o atacante Dagoberto, que cumpriu suspensão diante dos vascaínos, estará de volta à equipe no sábado.

Continua após a publicidade
Publicidade