Clique e Assine a partir de R$ 7,90/mês

Imprensa internacional destaca o show de gols de Neymar

Craque da seleção recebeu muitos elogios pela atuação brilhante contra o país

Por Da Redação 14 out 2014, 15h11

Os quatro gols marcados por Neymar na goleada brasileira sobre o Japão nesta terça-feira, em Cingapura, ganharam destaque nas principais publicações esportivas do planeta. Os espanhóis reservaram muitos elogios ao atacante do Barcelona, vice artilheiro da liga local. Principal diário do país, o Marca destacou o “espetáculo” do brasileiro e afirmou que Neymar tem condições de ultrapassar Pelé como maior artilheiro da história da equipe pentacampeã mundial: “Tem apenas 22 anos e, por isso, o recorde de Pelé está a seu alcance”.

Leia também:

Neymar marca quatro e Brasil vence Japão com facilidade

‘Não sei qual é o meu limite’, diz Neymar, perseguindo Pelé​

Com dois de Messi, Argentina faz 7 a 0 em Hong Kong

Já o As afirmou que o atacante, que já marcou sete gols em sete jogos do Campeonato Espanhol nesta temporada, vive o melhor momento de sua carreira justamente a duas semanas do clássico entre Barcelona e Real Madrid. “Mostrou um repertório de qualidades que deve ter um atacante total: Neymar chutou, driblou, passou, apoiou e defendeu”, escreveu o jornal. O catalão Mundo Deportivo destacou o “poker” – como os espanhóis classificam os quatro gols marcados num mesmo jogo – e disse que o craque esteve “onipresente” na partida.

O francês L’Équipe também falou sobre a marca estabelecida por Neymar: “Neymar quatro estrelas”. Até mesmo o Olé, jornal argentino que costuma provocar os brasileiros, se rendeu ao talento de Neymar. “Destaque contra a Argentina, o craque brasileiro não para: converteu os quatro gols com os quais o Brasil arrasou o Japão e superou Bebeto como quinto máximo goleador histórico da seleção.” A maioria das publicações destacou ainda a falta cobrada por Neymar na trave no primeiro tempo. “A forquilha evitou a manita (“mãozinha”, em espanhol) de Neymar em uma falta magistral”, afirmou o Marca.

Continua após a publicidade

Publicidade