Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Ibra diz que jogadores do Chelsea são ‘bebês’ e Thiago Silva critica Mourinho

Após classificação épica em Londres, estrelas do PSG desabafaram

Zlatan Ibrahimovic e Thiago Silva estiveram muito perto de deixar Stamford Bridge como vilões do Paris Saint-Germain – o sueco foi expulso na primeira etapa e o brasileiro cometeu um pênalti na prorrogação -, mas um gol de cabeça marcado pelo defensor da seleção brasileira a quatro minutos do fim mudou todo o cenário e colocou a equipe francesa nas quartas de final da Liga dos Campeões de maneira épica. Aliviados ao final da partida desta quarta-feira, Ibra e Thiago coincidiram também em seus discursos bastante ácidos em relação aos jogadores e ao treinador do Chelsea, José Mourinho.

Leia também:

Liga dos Campeões: David Luiz e Thiago Silva salvam PSG

Vítima de racismo na Europa recusa convite do Chelsea: ‘Não podem me comprar’

Liga dos Campeões: Real Madrid perde do Schalke mas vai às quartas

Neymar provoca Real e diz que ataque do Barça é melhor

Thiago afirmou que uma entrevista do português serviu como combustível para o PSG. “Não é uma vingança pessoal, mesmo havendo pessoas que falaram muito, dizendo que deram sorte de enfrentar o Paris após o sorteio. Acho que Mourinho não teve respeito suficiente por nós”, afirmou o brasileiro ao Canal +, da França.

O sempre marrento Ibrahimovic conseguiu ser ainda mais direto em suas críticas. O sueco não concordou com sua expulsão, após entrada forte no brasileiro Oscar aos 31 minutos do primeiro tempo, e reclamou dos jogadores do Chelsea que cercaram o árbitro e, segundo ele, influenciaram na decisão do juiz holandês Bjorn Kuipers. “Quando vi o cartão, pensei que o juiz não sabia o que estava fazendo ou tinha visto uma coisa diferente. Mas isso não foi o pior. O pior foi quando vi todos os jogadores do Chelsea vindo ao meu redor. Senti que tinha 11 bebês ao meu lado”, disse o sueco na zona mista do estádio.

“Eu tirei a perna. Não sei se o Oscar estava fingindo ou se acabei atingindo mesmo ele. Mas não importa, ganhamos o jogo”, comentou Ibra sobre a entrada. Ele também aproveitou para agradecer os companheiros pelo esforço. “Temos que dar todos os créditos possíveis. Não é fácil jogar com dez jogadores, ainda mais contra um time como o Chelsea. Mostramos qualidade e um coração enorme.”

Com gols de David Luiz e Thiago Silva, o PSG empatou por 2 a 2 e avançou às quartas de final. Seu adversário será decidido por sorteio ao final desta fase, no dia 20 de junho. Ibrahimovic, suspenso, perderá a partida de ida.

(da redação)