Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Iaaf decide manter suspensão provisória de Simone Alves da Silva

A Iaaf (Associação Internacional de Federações de Atletismo) decidiu manter a suspensão provisória da corredora Simone Alves da Silva, pega no exame antidoping em outubro passado por conta do uso de EPO, substância que melhora o desempenho respiratório de atletas.

A medida suspensiva, emitida após a confirmação do doping, em 14 de outubro de 2011, havia sido encerrada pela CBAt, que considerou Simone inocente em julgamento do Superior Tribunal de Justiça Desportiva da Confederação, em 23 de janeiro deste ano, alegando erro no exame, realizado pelo laboratório da Wada (Agência Mundial Antidoping), no Canadá.

A Iaaf, porém, decidiu apelar contra a decisão do STJD à favor de Simone, mantendo a atleta suspensa e impossibilitada de participar de competições oficiais – a corredora ficou, inclusive, fora do Pan de Guadalajara, no ano passado.

Confira a nota oficial emitida pela CBAt:

A Confederação Brasileira de Atletismo informa que recebeu nesta data da IAAF, comunicado de que a mesma decidiu apelar à Corte Arbitral do Esporte (CAS), contra a decisão do Superior Tribunal de Justiça Desportiva do Atletismo de absolver a atleta SIMONE ALVES DA SILVA (Registro CBAt n17162-SP), de infração de doping, em sessão realizada em 27 de fevereiro de 2012, comunicando, ainda, que o Painel de Revisão de Doping igualmente decidiu manter a suspensão provisória da atleta, que já havia sido aplicada pela CBAt, até decisão do caso pelo CAS, tendo a Confederação emitido nova Portaria nesta data, estendendo a suspensão provisória da atleta por determinação da IAAF.

Manaus, 19 de abril de 2012.

Martinho Nobre dos Santos – Superintendente Técnico