Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hulk é boicotado no Zenit por causa de alto salário

Ex-capitão do time diz que só Messi e Iniesta justificariam valores - foi afastado

O jornal russo Izvestia divulgou nesta terça-feira que vários jogadores do Zenit, de São Peterburgo, não falam com Hulk, atacante da seleção, como protesto pelo alto salário que o brasileiro recebe. Hulk foi contratado por 128 milhões de reais e estima-se que seu salário fique entre 13 milhões e 26 milhões de reais por ano, muito acima do pago ao restante do grupo. A revolta se estende também a outro contratado, o belga, Axel Witsel, comprado por valor semelhante ao de Hulk.

“Entenderia se fossem Messi e Iniesta, eles merecem esses valores. Os jogadores que compramos podem ajudar o Zenit, mas eles são tão melhores que os atuais para ganhar três vezes mais?”, disse Igor Denisov, volante e agora ex-capitão, que discutia renovação de contrato e foi o porta-voz da insatisfação do elenco. Depois do episódio, foi afastado do time principal para treinar com as categorias de base. No último domingo, o centroavante Aleksandr Kerzhakov também manifestou sua insatisfação e se juntou a Denisov para treinar entre os garotos.

Segundo o jornal português Record, o diretor-geral do Zenit, Maxim Mitrofanov, respondeu às acusações de Denisov, em reportagem ao jornal Sport Express. “Os salários de jogadores como Kerzhakov, Shirokov, Danny, e outros, são comparáveis aos de Hulk; e o de Witsel é significativamente menor que o de Denisov.”

(Com agência Gazeta Press)