Group 21 Copy 4 Created with Sketch.

Hospital confirma amputação da perna de goleiro da Chapecoense

Procedimento com Jackson foi confirmado na noite desta terça-feira pela equipe médica que atendeu o atleta, um dos únicos sobreviventes do acidente aéreo

O goleiro Jackson Follmann, um dos seis sobreviventes do acidente aéreo com o avião da Chapecoense ocorrido na Colômbia na madrugada desta terça-feira, teve sua perna direita amputada, segundo comunicado distribuído às 19h50 (horário de Brasília) pelo Hospital San Vicente Fundación de Rionegro. Jackson foi um dos três únicos jogadores do clube que sobreviveram à tragédia.

A cirurgia ocorreu pela manhã e os rumores sobre sua realização circularam ao longo do dia, mas apenas às 16h50 (horário local) ela foi confirmada oficialmente pelo hospital. O comunicado é assinado por Ferney Rodriguez Tobón, diretor médico do Hospital San Vicente Fundación de Rionegro.

Segundo a nota, o quadro de saúde do atleta é estável. Ele está na unidade de tratamento intensivo do San Vicente. O comunicado informa que sua distribuição foi feita a pedido da família para que as pessoas enviem “suas melhores energias, e juntos oremos pela sua recuperação.”