Clique e assine a partir de 9,90/mês

Hortência relembra o dia em que Fidel se rendeu ao Brasil

A ex-jogadora relembrou a vitória da seleção feminina nos Jogos Pan-Americanos de Havana (1991)

Por Da redação - Atualizado em 26 nov 2016, 10h28 - Publicado em 26 nov 2016, 10h27

Neste sábado (26), a ex-jogadora de basquete Hortência relembrou, em seu Instagram, um dos momentos mais marcantes de sua carreira: o dia em que recebeu a medalha de ouro dos Jogos Pan-Americanos de Havana (1991) das mãos do ditador cubano Fidel Castro.

View this post on Instagram

#rip Momento que marcou o basquete brasileiro. Brasil medalha de ouro no Pan de 91 em Cuba, quando Fidel Castro brincou que não iria entregar a medalha pra mim e para a Paula.

A post shared by Hortencia (@hortenciamarcari) on

Continua após a publicidade

Derrotado em casa, o ditador cubano brincou: “Não vou entregar a medalha, porque vocês trapacearam. Vocês usam uma mira a laser para arremessar”.

A seleção, que também contava com Magic Paula, Janeth e Hortência, venceu Cuba por 97 a 76, em uma campanha que inaugurou a década de ouro do basquete feminino do Brasil.

Depois de receber o ouro de Fidel, as meninas do basquete conquistaram um Mundial (1994), e medalhas de prata em Atlanta (1996) e bronze em Sydney (2000).

 

Continua após a publicidade

 

Continua após a publicidade
Publicidade